Página Inicial » Pratique o Islam » Purificação Espiritual: Como Lidar com o Ódio no Islam
Purificação Espiritual Como Lidar com o Ódio no Islam

Purificação Espiritual: Como Lidar com o Ódio no Islam

Em nome de Allah, o Clemente, o Misericordioso

O Islam nos ensina a ter cuidado com o ódio, a malícia e a intenção de prejudicar os outros. São doenças espirituais do coração cujas conseqüências são destrutivas para o indivíduo, a comunidade e a religião.

Anas ibn Malik relatou: O Mensageiro de Allah, ﷺ, disse:

لَا تَبَاغَضُوا وَلَا تَحَاسَدُوا وَلَا تَدَابَرُوا وَكُونُوا عِبَادَ اللَّهِ إِخْوَانًا

Não se odeiem, não se invejem, não se afastem, mas sejam servos de Allah como irmãos.

Fonte: Sahih Muslim – 2559

Abdullah ibn Amr relatou: Foi dito ao Mensageiro de Allah ﷺ: “Qual das pessoas é melhor?”. O Mensageiro de Allah, ﷺ, disse:

كُلُّ مَخْمُومِ الْقَلْبِ صَدُوقِ اللِّسَانِ

Todos que são puros de coração e sinceros no discurso.

Eles disseram: “Sabemos falar sinceramente, mas o que é um coração puro?”. O Profeta ﷺ disse:

هُوَ التَّقِيُّ النَّقِيُّ لَا إِثْمَ فِيهِ وَلَا بَغْيَ وَلَا غِلَّ وَلَا حَسَدَ

É um coração que teme a Allah e é limpo. Não há pecado nele nem agressão, malícia ou inveja.

Fonte: Sunan Ibn Majah – 4216

Al-Samarqandi relatou:

وَرُوِيَ عَنْ بَعْضِ الصَّحَابَةِ رَضِيَ اللَّهُ تَعَالَى عَنْهُمْ أَنَّهُ قَالَ مَنْ أَرَادَ فَضْلَ الْعَابِدِينَ فَلْيُصْلِحْ بَيْنَ النَّاسِ وَلَا يُوقِعْ بَيْنَهُمُ الْعَدَاوَةَ وَالْبَغْضَاءَ

Alguns dos Companheiros disseram: “Quem quer que deseje a virtude daqueles que adoram Allah, permita que ele se reconcilie com as pessoas e que não haja inimizade e ódio entre elas.

Fonte: Tanbih al-Ghafilin – 01/184

Ibn Al-Arabi escreveu:

لَا يَكُونُ الْقَلْبُ سَلِيمًا إذَا كَانَ حَقُودًا حَسُودًا مُعْجَبًا مُتَكَبِّرًا وَقَدْ شَرَطَ النَّبِيُّ صَلَّى اللَّهُ عَلَيْهِ وَسَلَّمَ فِي الْإِيمَانِ أَنْ يُحِبَّ لِأَخِيهِ مَا يُحِبُّ لِنَفْسِهِ

O coração não pode ser puro se possuir malícia, inveja, orgulho e arrogância. O Profeta estabeleceu como requisito da fé que a pessoa ame para seu irmão o que ela ama para si mesma.

Fonte: Ahkam al-Qurʼan – 26:89

E Ibn Hajar escreve:

وَلَا يَتِمُّ ذَلِكَ إِلَّا بِتَرْكِ الْحَسَدِ وَالْغِلِّ وَالْحِقْدِ وَالْغِشِّ

A fé não está completa até que um muçulmano abandone a inveja, o rancor, a malícia e a malevolência.

Fonte: Fath al-Bari – 01/74

O tipo de ódio proibido no Islam é um ódio malicioso na forma de um desejo de ver pessoas feridas e destruídas.

Omar ibn Al-Khattab, disse:

لاَ يَكُنْ حُبُّكَ كَلَفًا وَلاَ بُغْضُكَ تَلَفًا

Não deixe que seu ódio seja destruição.

Foi dito: “Como é isso?”. Omar disse:

وَإِذَا أَبْغَضْتَ أَحْبَبْتَ لِصَاحِبِكَ التَّلَف‏

Quando você odeia alguém, você adora ver seu companheiro destruído.

Fonte: Al-Adab Al-Mufrad – 1322

Shuaib Arnaut escreve:

Recomendado para você:  Invocar bençãos sobre o Profeta após o Azan, uma Sunnah esquecida

التباغض من البغض ضد المحبة وهي إرادة المضرة

O ódio mútuo, o oposto do amor, é uma intenção de causar dano.

Fonte: Sharh al-Musnad – 13/160

Esse ódio malicioso é um grande pecado que impede as pessoas de entrarem no Paraíso.

Abu Huraira relatou: O Mensageiro de Allah, ﷺ, disse:

تُفْتَحُ أَبْوَابُ الْجَنَّةِ يَوْمَ الِاثْنَيْنِ وَيَوْمَ الْخَمِيسِ فَيُغْفَرُ لِكُلِّ عَبْدٍ لَا يُشْرِكُ بِاللَّهِ شَيْئًا إِلَّا رَجُلًا كَانَتْ بَيْنَهُ وَبَيْنَ أَخِيهِ شَحْنَاءُ فَيُقَالُ أَنْظِرُوا هَذَيْنِ حَتَّى يَصْطَلِحَا أَنْظِرُوا هَذَيْنِ حَتَّى يَصْطَلِحَا أَنْظِرُوا هَذَيْنِ حَتَّى يَصْطَلِحَا

Os portões do Paraíso estão abertos às segundas e quintas-feiras. Allah perdoa todo servo que não associa nada a ele, exceto um homem com ódio entre ele e seu irmão. Será dito: Atrase esses dois até que eles se reconciliem, adie esses dois até que eles se reconciliem.

Fonte: Sahih Muslim – 2565

Ibn Abbas disse:

ثَلاثٌ مَنْ لَمْ يَكُنْ فِيهِ فَإِنَّ اللَّهَ عَزَّ وَجَلَّ يَغْفِرُ بَعْدَ ذَلِكَ لِمَنْ يَشَاءُ مَنْ مَاتَ لا يُشْرَكُ بِاللَّهِ شَيْئًا وَمَنْ لَمْ يَكُنْ سَاحِرًا يَتْبَعُ السِّحْرَ وَمَنْ لَمْ يَحْقِدْ عَلَى أَخِيهِ

Se esses três pecados não forem encontrados dentro de uma pessoa, Allah, o Exaltado, perdoará depois disso o que quiser:

  • Alguém que morreu sem associar parceiros a Allah
  • Alguém que nunca se voltou para a magia negra
  • Quem nunca nutriu maldade em relação a seu irmão.

Fonte: Shuab al-Iman – 6103

O Islam nos ensina a não odiar as pessoas em si mesmas, mas devemos odiar que o mal chegue às pessoas. Este é um elemento necessário do amar nossos vizinhos como a nós mesmos.

Yazeed ibn Asad relatou: O Mensageiro de Allah, ﷺ, disse:

أَحِبَّ لِلنَّاسِ مَا تُحِبُّ لِنَفْسِكَ

Ame para as pessoas o que você ama para si mesmo.

Fonte: Musnad Ahmad – 16220

Muadh ibn Anas relatou: Ele pediu ao Mensageiro de Allah ﷺ, sobre a melhor fé. O Profeta ﷺ disse:

أَفْضَلُ الْإِيمَانِ أَنْ تُحِبَّ لِلَّهِ وَتُبْغِضَ فِي اللَّهِ وَتُعْمِلَ لِسَانَكَ فِي ذِكْرِ اللَّهِ

A fé mais virtuosa é amar por Allah, odiar por Allah e trabalhar sua língua na lembrança de Allah.

Muadh disse: “Como é isso, ó Mensageiro de Allah?”. O Profeta ﷺ disse:

وَأَنْ تُحِبَّ لِلنَّاسِ مَا تُحِبُّ لِنَفْسِكَ وَتَكْرَهَ لَهُمْ مَا تَكْرَهُ لِنَفْسِكَ وَأَنْ تَقُولَ خَيْرًا أَوْ تَصْمُتَ

Que você ame para as pessoas o que ama para si mesmo, e odeie para as pessoas o que odeia para si mesmo, e que fale a bondade ou permaneça calado.

Fonte: Musnad Ahmad 21627

Al-Kirmani disse:

وَمِنَ الْإِيمَانِ أَيْضًا أَنْ يُبْغِضَ لِأَخِيهِ مَا يُبْغِضُ لِنَفْسِهِ مِنَ الشَّرِّ

Recomendado para você:  A Importância da Caridade e do Voluntariado no Islam

Também faz parte da fé odiar para seu irmão o que ele odeia de mal para si mesmo.

Fonte: Fath al-Bari – 01/74

Outra maneira de entender isso é que devemos odiar ações pecaminosas, mas não devemos odiar os próprios pecadores.

Allah disse:

وَكَرَّهَ إِلَيْكُمُ الْكُفْرَ وَالْفُسُوقَ وَالْعِصْيَانَ أُولَٰئِكَ هُمُ الرَّاشِدُونَ

“Allah o fez repudiar a incredulidade, a impiedade e a rebeldia. Tais são os sensatos.” (Alcorão 49:07)

Por isso, Allah tornou uma condição de fé odiar más ações, mas Ele não nos ordena a odiar as pessoas que as praticam. Isso é chamado de ódio pela ação (karrahiya li amal). Isso coloca nosso ódio contra o mal abstrato de maneira construtiva, a fim de evitar prejudicar injustamente as pessoas. Um grupo de justos predecessores (salaf as-salih) faria tal distinção entre a ação e o praticante.

Ibn Rajab relatou:

قَالَ بَعْضُ الصَّالِحِينَ مِنَ السَّلَفِ أَهْلُ الْمَحَبَّةِ لِلَّهِ نَظَرُوا بِنُورِ اللَّهِ وَعَطَفُوا عَلَى أَهْلِ مَعَاصِي اللَّهِ مَقَتُوا أَعْمَالَهُمْ وَعَطَفُوا عَلَيْهِمْ لِيُزِيلُوهُمْ بِالْمَوَاعِظِ عَنْ فِعَالِهِمْ

Alguns dos justos predecessores disseram: “As pessoas que amam Allah olham pela luz de Allah e são compassivas com aqueles que desobedecem a Allah. Eles acham seus atos repreensíveis, mas mostram misericórdia a eles, para que, por meio de suas advertências, possam deixar suas ações.

Fonte: Jami’ al-Ulum wal-Hikam – 13

Allah nos alertou sobre os efeitos destrutivos do ódio no coração e na religião e que isso levará à injustiça se não for controlado.

Allah disse:

يَا أَيُّهَا الَّذِينَ آمَنُوا كُونُوا قَوَّامِينَ لِلَّهِ شُهَدَاءَ بِالْقِسْطِ ۖ وَلَا يَجْرِمَنَّكُمْ شَنَآنُ قَوْمٍ عَلَىٰ أَلَّا تَعْدِلُوا ۚ اعْدِلُوا هُوَ أَقْرَبُ لِلتَّقْوَىٰ

Ó fiéis, sede perseverantes na causa de Allah e prestai testemunho, a bem da justiça; que o ódio aos demais não vos impulsione a serdes injustos para com eles. Sede justos, porque isso está mais próximo da piedade.” (Alcorão 05:08)

Da mesma forma, o Profeta ﷺ nos alertou sobre os dois males da inveja e do ódio, descrevendo o ódio como a navalha que ataca a religião. A solidez da prática religiosa de um muçulmano estará em perigo se ele ou sucumbir a ela ou a desejos odiosos.

Zubair ibn Awwam relatou: O Mensageiro de Allah, ﷺ, disse:

دَبَّ إِلَيْكُمْ دَاءُ الْأُمَمِ قَبْلَكُمْ الْحَسَدُ وَالْبَغْضَاءُ وَالْبَغْضَاءُ هِيَ الْحَالِقَةُ حَالِقَةُ الدِّينِ لَا حَالِقَةُ الشَّعَرِ وَالَّذِي نَفْسُ مُحَمَّدٍ بِيَدِهِ لَا تُؤْمِنُوا حَتَّى تَحَابُّوا أَفَلَا أُنَبِّئُكُمْ بِشَيْءٍ إِذَا فَعَلْتُمُوهُ تَحَابَبْتُمْ أَفْشُوا السَّلَامَ بَيْنَكُمْ

Chegaram a vocês as doenças das nações anteriores a vocês: inveja e ódio, e ódio é a navalha. Raspa a religião como não raspa o cabelo. Por aquele em cuja mão está a alma de Muhammad, vocês não serão crentes até que se amem. Devo lhes dizer uma coisa, que se vocês o fizessem, se amariam? Espalhem a paz entre vocês.

Recomendado para você:  Os Níveis do Tahajjud (Oração Noturna)

Fonte: Musnad Ahmad – 1415

Abu Huraira relatou: O Mensageiro de Allah, ﷺ, disse:

وَالَّذِي نَفْسِي بِيَدِهِ لا تَدْخُلُوا الْجَنَّةَ حَتَّى تُسْلِمُوا وَلا تُسْلِمُوا حَتَّى تَحَابُّوا وَأَفْشُوا السَّلامَ تَحَابُّوا وَإِيَّاكُمْ وَالْبُغْضَةَ فَإِنَّهَا هِيَ الْحَالِقَةُ لا أَقُولُ لَكُمْ تَحْلِقُ الشَّعْرَ وَلَكِنْ تَحْلِقُ الدِّينَ

Por aquele em cuja mão está minha alma, vocês não entrarão no Paraíso até que se submetam a Allah e não se submeterão até que se amem. Espalhem a paz e vocês se amarão. Cuidado com o ódio, pois é a navalha. Não digo que corta o cabelo, mas afasta a religião.

Fonte: Al-Adab Al-Mufrad – 260

A maneira correta de purificar nossos corações do ódio é orar por orientação e bondade pelos opressores a quem odiamos. Ao fazer isso, o anjo orará por uma bondade semelhante por nós.

Abu Darda relatou: O Mensageiro de Allah, ﷺ, disse:

مَا مِنْ عَبْدٍ مُسْلِمٍ يَدْعُو لأَخِيهِ بِظَهْرِ الْغَيْبِ إِلاَّ قَالَ الْمَلَكُ وَلَكَ بِمِثْلٍ

Não há servo muçulmano que suplica por seu irmão pelas costas, exceto que o anjo diz: E para você o mesmo.

Fonte: Sahih Muslim – 2732

Anas ibn Malik relatou: O Mensageiro de Allah, ﷺ, me disse:

يَا بُنَيَّ إِنْ قَدَرْتَ أَنْ تُصْبِحَ وَتُمْسِيَ لَيْسَ فِي قَلْبِكَ غِشٌّ لِأَحَدٍ فَافْعَلْ

Ó menino, se você é capaz de todas as manhãs e noites remover qualquer rancor do seu coração em relação a alguém, faça-o.

Fonte: Sunan al-Tirmidhi – 2678

Allah disse:

وَيَدْعُ الْإِنسَانُ بِالشَّرِّ دُعَاءَهُ بِالْخَيْرِ ۖ وَكَانَ الْإِنسَانُ عَجُولًا

O homem suplica pelo mal, como ele suplica pelo bem, pois o homem é sempre impaciente.(Alcorão 17:11)

Samrah ibn Jundab relatou: O Mensageiro de Allah, ﷺ, disse:

لَا تَلَاعَنُوا بِلَعْنَةِ اللَّهِ وَلَا بِغَضَبِهِ وَلَا بِالنَّارِ

Não invoque a maldição de Allah, ou Sua ira, ou o Fogo do Inferno.

Fonte: Sunan al-Tirmidhi 1976

Portanto, todas as nossas súplicas devem ser para o bem. Suplicando pela bondade e orientação para os pecadores venceremos nosso desejo de causar-lhes dano e substituiremos esse desejo maligno pelo amor de bondade por eles.

O sucesso vem de Allah, e Allah sabe melhor.

Fonte: https://abuaminaelias.com/beware-of-hatred-and-malice-in-islam/

Links para Leitura

Sobre A Redação

A Equipe de Redação do Iqara Islam é multidisciplinar e composta por profissionais da área de Marketing, Ilustração/Design, História, Administração, Gestão de Recursos Humanos, Tradutores Especializados (Árabe e Inglês) e especialistas na Religião Islâmica. Atualmente a equipe é composta por 10 profissionais.