Página Inicial » Hadith e Sunnah » Quando Hadiths fracos podem ser utilizados?

Quando Hadiths fracos podem ser utilizados?

O Alcorão e a Sunnah do Profeta (que a paz e as bênçãos de Allah estejam sobre ele) são as fontes primárias a partir das quais as crenças e ensinamentos islâmicos são estabelecidos. A Sunnah do Profeta (que a paz e as bênçãos de Allah estejam com ele) é preservada para nós no Hadith – as declarações, ações e aprovações tácitas do Profeta que foram narradas e preservadas por escrito. Assim, é uma condição que a autenticidade de um hadith deve ser verificada e estabelecida para que o hadith seja válido como evidência para assuntos relacionados a crenças  ou legislação islâmicas.

A autenticidade de um hadith é determinada por um estudo rigoroso de sua cadeia de transmissão e seu texto. Entre as condições de autenticidade estão a de que não deve haver quebra na cadeia de narração, todos os narradores devem ser confiáveis, e o texto de uma determinada narração de um determinado hadith deve correlacionar-se com outras narrações de mesmo conteúdo.

Hadiths que se conformam com as condições de autenticidade são classificados como sahih (autêntico) ou hasan (razoável), dependendo da força de sua transmissão. Hadiths que não se conformam com as condições de autenticidade são classificados como daif (fracos), munkar (rejeitados) ou mawdu (fabricados).

Além disso, um hadith pode ser declarado fraco por várias razões, por exemplo, se houver um problema com a memória do narrador ou se houver uma quebra na cadeia de transmissão. Um hadith pode ser levemente fraco se o único problema é que um narrador de honestidade confirmada é conhecido por cometer erros não intencionais ao se relatar de memória ocasionalmente.

Uma fraqueza mais séria é quando a reputação de um narrador não é estabelecida. Um hadith é seriamente fraco se houver lacunas reais na transmissão. Um hadith é declarado munkar quando há fortes evidências para mostrar que o Profeta (que a paz e as bênçãos de Allah estejam sobre ele) não fez tal declaração.

Recomendado para você:  O Hadith extravia quem não tem Fiqh

O hadith é declarado como fabricado se um narrador é conhecido por ter sido um mentiroso. Acadêmicos concordam que somente hadiths autêntico pode ser usados para estabelecer questões de credo e que hadiths que são rejeitados ou fabricados nunca devem ser usados ​​para qualquer propósito. Portanto, os estudiosos discordam sobre se o hadith levemente fraco pode ser usado para estabelecer as virtudes das boas ações; por exemplo, hadiths que encorajam oração, caridade e outros assuntos já estabelecidos no Islam.

Abaixo estão as três respectivas opiniões nas quais os sábios se baseiam no que diz respeito a hadiths fracos (daif):

1. Um hadith levemente fraco pode ser usado livremente para estabelecer as virtudes dos atos.

Esta é amplamente considerada a opinião da maioria sobre o assunto. O famoso estudioso e jurista da ciência dos hadiths, An-Nawawi escreve na introdução de seus Quarenta Hadiths: “Os estudiosos concordam que os hadiths fracos que falam apenas sobre as virtudes das ações podem ser citados”.

Estudiosos que sustentam essa visão argumentam que, quando o conteúdo de um hadith não tem implicações para questões de doutrina religiosa ou de lei, o nível de rigor na determinação de sua autenticidade não é tão severo.

Quando um hadith está apenas falando sobre as bênçãos recebidas por fazer uma boa ação já estabelecida, como oração, jejum ou bondade para com os vizinhos, e então não está introduzindo nada de novo à religião, mas meramente encorajando práticas religiosas sadias. Tais hadiths não declaram coisas lícitas ou ilegais, mas afirmam o que já está estabelecido pela fé.

2. Um hadith levemente fraco não pode ser usado para nada.

Recomendado para você:  Livro: ''O Profeta não fez!'' - Explicando a Falácia da Inovação (Bid'a)

Esta é a opinião do Imam Muslim, o compilador de Sahih Muslim, a segunda compilação de hadiths mais confiável. Ele escreve em sua introdução a esse trabalho:

“É imperativo para todos distinguir narrações autênticas daquelas que são narrativas não autênticas e confiáveis daquelas que são questionáveis. Isso é para evitar narrar qualquer outra coisa além daquilo que é autenticamente estabelecido a partir de suas fontes ”.

Esta opinião foi atribuída ao Imam Ahmad ibn Hanbal. O estudioso hanbali Ibn Muflih escreve:

“É atribuído ao Imam Ahmad que ele nunca usava um hadith fraco para estabelecer as virtudes de boas ações ou atos meritórios.” (Al-Adab ash-Shar`iyyah, 2/304)

Esta é também a visão adotada por Ibn Hazm.

3. O hadith levemente fraco pode ser usado para encorajar boas ações se certas condições forem atendidas.

Essas condições são enumeradas por ibn Hajar al-Asqalani da seguinte forma:

”1. O hadith não deve ser seriamente fraco. Não deve ser a narração de alguém conhecido por cometer muitos erros graves de narração. Não deve certamente ser a narração de alguém que é acusado de fazer falsificações deliberadas.

2. O hadith deve estar se referindo a algo que já está firme e geralmente estabelecido na Lei Islâmica. Não pode de maneira alguma estabelecer algo novo.

3. Aqueles que agem sobre o hadith não devem cultivar uma firme crença em seus corações de que o que o hadith diz é verdade. Eles devem estar cientes da possibilidade de que o Profeta (que a paz e as bênçãos de Allah estejam com ele) podem não ter dito essas palavras, e devem ser cautelosos em atribuir ao Profeta algo que ele não disse.

Ibn Taymiyah aponta um esclarecimento importante para a segunda condição quando ele diz:

“Se um hadith fraco que fala sobre as virtudes de uma boa ação introduzir qualquer declaração quantitativa ou qualquer especificação, então é inadmissível usá-lo. Por exemplo, este seria o caso se o hadith especificasse um tempo particular para recitar o Alcorão ou um capítulo ou verso específico, ou se desse um modo particular de realizar um ato. ”(Majmu` al-Fatawa, 18 / 67)

Resta dizer que o que é autenticamente estabelecido para ser do Profeta (que a paz e as bênçãos de Allah estejam com ele) é mais do que suficiente para que nunca precisemos mencionar nenhum hadith fraco. Devemos ter cuidado com as muitas declarações duvidosas que circulam nos dias de hoje na internet que estão sendo atribuídas ao Profeta (que paz e bênçãos de Allah estejam com ele) e a nossa fé. E  Allah é o concessor do sucesso.

Recomendado para você:  O Muçulmano pode participar de reuniões Natalinas com familiares e amigos?

Fonte: https://www.vocfm.co.za/when-weak-hadith-may-be-cited/

 

Sobre A Redação

A Equipe de Redação do Iqara Islam é multidisciplinar e composta por profissionais da área de Marketing, Ilustração/Design, História, Administração, Gestão de Recursos Humanos, Tradutores Especializados (Árabe e Inglês) e especialistas na Religião Islâmica. Atualmente a equipe é composta por 10 profissionais.