Página Inicial » Pratique o Islam » Casamento » Os 7 Princípios do Casamento Islâmico
Just married muslim couple in winter nature.

Os 7 Princípios do Casamento Islâmico

  1. O casamento (nikah), o compartilhamento da vida entre um homem e uma mulher, é um ato recomendado e louvado no Islam, virtuoso e honrado. Era a maneira dos profetas e mensageiros de Deus, com a notável exceção de Jesus Cristo, que a paz esteja com ele. O Alcorão diz: وَلَقَدْ أَرْسَلْنَا رُسُلاً مِنْ قَبْلِكَ وَجَعَلْنَا لَهُمْ أَزْوَاجًا وَذُرِّيَّةً – E, com efeito, enviamos Mensageiros, antes de ti, e fizemos para eles mulheres e descendência. [13:38]
  2. O Alcorão descreve o casamento como مِيثَاقًا غَلِيظًا – uma sólida aliança [4:21]. Dada a natureza sagrada e solene do casamento, não devemos nos casar apressadamente ou sem antes buscarmos aconselhamento. Pelo contrário, devemos nos casar honrosamente, com reverência e sobriedade – e confiantes em Deus.
  3. Devemos contemplar os motivos para nos casar antes de embarcarmos nessa busca pela intimidade. A literatura jurídica islâmica diz que as causas pelas quais o casamento foi ordenado são as seguintes: [I] Para que os instintos de amor e intimidade implantados por Deus possam ser expressados com bênção. [II] Para que a humanidade cresça e para que as crianças sejam educadas com a recordação de Deus e com gratidão e reverência a Ele. [III] Para o benefício da sociedade como um todo: pois a família é o sustentáculo da sociedade justa e responsável – é o círculo onde o amor, o dever, o compromisso e o sacrífico são conhecidos e praticados pela primeira vez.
    Repetindo o que foi dito acima na linguagem mais técnica dos antropólogos de hoje, a função do casamento é garantir: [I] a reprodução social, [II] a socialização dos filhos e [III] o legado do capital social.
  4. Sobre o objetivo maior do casamento, o espírito dele, o Alcorão diz: وَمِنْ آيَاتِهِ أَنْ خَلَقَ لَكُمْ مِنْ أَنفُسِكُمْ أَزْوَاجًا لِتَسْكُنُوا إِلَيْهَا وَجَعَلَ بَيْنَكُمْ مَوَدَّةً وَرَحْمَةً إِنَّ فِي ذَلِكَ لآياتٍ لِقَوْمٍ يَتَفَكَّرُونَ – E, dentre Seus sinais, está que Ele criou, para vós, mulheres, de vós mesmos, para vos tranquilizardes junto delas, e fez, entre vós, afeição e misericórdia. Por certo, há nisso sinais para um povo que reflete. [30:21] Portanto, que os casais busquem ser companheiros amorosos na jornada sagrada.
  5.  O Alcorão demonstra que a vida no casamento deve ser uma vida de benevolência e companheirismo. Se dirigindo primariamente aos homens, ele diz: وَعَاشِرُوهُنَّ بِالْمَعْرُوفِ – E convivei com elas, com benevolência. [4:19] E prossegue: وَآتُوهُنَّ أُجُورَهُنَّ بِالْمَعْرُوفِ – E concedei-lhes seu dote com benevolência. [4:25] E, se for o caso:  فَإمْسَاكٌ بِمَعْرُوفٍ أَوْ تَسْرِيحٌ بِإِحْسَانٍ – Então, ou reter a mulher, honradamente, ou libertá-la, com benevolência. [2:229]. Allah também admoesta os homens: أَسْكِنُوهُنَّ مِنْ حَيْثُ سَكَنتُمْ مِنْ وُجْدِكُمْ وَلاَ تُضَارُّوهُنَّ لِتُضَيِّقُوا عَلَيْهِنَّ – Fazei-as habitar onde habitais, conforme vossos recursos, e não as prejudiqueis, para não constrangê-las. [65:6]
    Assim, tudo o que diz respeito ao matrimônio, seja casamento ou divórcio, deve estar baseado na benevolência. O sinal do verdadeiro homem muçulmano não é nada menos do que isso. Todo o resto não se aproxima de masculinidade no sentido real da palavra.
  6. Quanto ao papel da mulher muçulmana no cultivo da harmonia no casamento, Allah diz: فَالصَّالِحَاتُ قَانِتَاتٌ حَافِظَاتٌ لِلْغَيْبِ بِمَا حَفِظَ اللَّه – Então, as íntegras são devotas, custódias [da honra,] na ausência [dos maridos,] pelo que Allah as custodiou. [4:34]
  7. O Alcorão ilustra como os casais devem se tratar entre si com esta analogia bela e íntima: هُنَّ لِبَاسٌ لَكُمْ وَأَنْتُمْ لِبَاسٌ لَهُنَّ – Elas são para vós vestimentas, e vós sois para elas vestimentas. [2:187]

Conclusão

Todo o assunto do matrimônio no Islam gira em torno do amor, da compaixão, da benevolência, da compreensão e do companheirismo mútuos. Quando os casais entrarem no lar marital, que o homem e a mulher deixem seus egos na entrada. A palavra “marital”, com mínimas alterações, se torna “marcial”!

E Allah é o Protetor, Aquele que Concede o Sucesso (Wa’Llahu wali al-tawfiq)

Fonte: https://thehumblei.com/2018/08/13/7-principles-of-sacred-marriage-in-islam/

Sobre A Redação

A Equipe de Redação do Iqara Islam é multidisciplinar e composta por profissionais da área de Marketing, Ilustração/Design, História, Administração, Gestão de Recursos Humanos, Tradutores Especializados (Árabe e Inglês) e especialistas na Religião Islâmica. Atualmente a equipe é composta por 10 profissionais.