Página Inicial » Perguntas e Respostas » O Islam aceita a conversão de criminosos arrependidos?
Homem arrependido

O Islam aceita a conversão de criminosos arrependidos?

Pergunta; Há restrições para conversão ao Islam, tipo para assassinos como em algumas religiões?

Resposta: Não há barreiras para conversão de qualquer individuo dentro da religião islâmica, desde que aceite a unicidade de Deus e a mensagem derradeira do Profeta Muhammad ﷺ. Disse Allah no Alcorão sagrado: “Ó servos meus, que se excederam contra si próprios, não desespereis da misericórdia de Deus; certamente, Ele perdoa todos os pecados, porque Ele é o Indulgente, o Misericordiosíssimo.”[ Sura Al-Zumar : 53]

Disse o companheiro do Profeta, Amr Ibn al-Ass: ”Quando Allah instilou o amor ao Islam em meu coração, cheguei ao Apóstolo ﷺ e disse: ”Estenda sua mão direita para que possa prometer minha lealdade a ti.” Ele estendeu a mão direita,  então exitei tirando a minha mão. Ele ﷺ questionou : “O que houve contigo, ó Amr?”, ao que respondi: ”Eu pretendo estabelecer alguma condição. Ele perguntou: ”Que condição você pretende apresentar?” Eu disse: ”Gostaria de ser perdoado”, e o Profeta respondeu: ”Você não está ciente do fato de que o Islam apaga todos os erros anteriores?” (Muslim)

Muitos dos primeiros muçulmanos eram eles mesmos assassinos de muçulmanos antes do Islam, soldados dos exércitos pagãos que perseguiam os seguidores da religião, mas após sua conversão, lhes foi perdoado seus erros anteriores. Disse Allah no Sagrado Alcorão: “Dize aos incrédulos que, no caso de se arrependerem, ser-lhes-á perdoado o passado.” (8:38)

Em outro hadith, foi dito pelo Profeta Muhammad ﷺ: “Entre os Filhos de Israel havia um assassino que havia dado fim a vida noventa e nove pessoas. Então, ele começou a se questionar (se seu arrependimento poderia ser aceito ou não). Ele encontrou um monge e perguntou a ele se o seu arrependimento podia ser aceito, o monge respondeu negativamente e o homem o matou. Ele continuou perguntando até que um homem sábio o aconselhou a ir para uma aldeia (a fim de que ele mudasse de companhia, visto que o ambiente no qual vivia impulsionava seu comportamento maléfico. Então ele partiu para ela), mas a morte o alcançou no caminho. Enquanto morria, ele se virou para aquela aldeia (onde ele esperava que seu arrependimento fosse aceito), e assim os anjos da misericórdia e os anjos da punição discutiram entre si a respeito dele (sobe com quem sua alma partiria). Allah então ordenou que a aldeia para qual ele ia, se aproximasse mais, e que a aldeia de onde ele se afastava, se distanciasse ainda mais. Então foi pedido que os anjos medissem as distancias (a fim de verem o quão longe o homem estava do caminho do arrependimento, e o quão longe estava do caminho do pecado). (E por estar mais perto da aldeia onde iria encontrar seu perdão) ele foi perdoado.” (Bukhari)

Recomendado para você:  Um muçulmano pode trabalhar para um restaurante que serve carne de porco e álcool?

E Allah, o Altíssimo, sabe mais.

– Conteúdo de responsabilidade e elaboração da Equipe de Teologia e Jurisprudência Islâmica Iqara Islam.

Sobre A Redação

A Equipe de Redação do Iqara Islam é multidisciplinar e composta por profissionais da área de Marketing, Ilustração/Design, História, Administração, Gestão de Recursos Humanos, Tradutores Especializados (Árabe e Inglês) e especialistas na Religião Islâmica. Atualmente a equipe é composta por 10 profissionais.