Página Inicial » Notícias » Coronavírus muda a rotina dos Muçulmanos pelo Mundo
Queremos ir além. Clique para nos apoiar mensalmente!
Muçulmanos usando máscara por causa do coronavírus
Foto: Amit Dave/Reuters

Coronavírus muda a rotina dos Muçulmanos pelo Mundo

  • O coronavírus está se espalhando rapidamente por diversos países, especialmente na Ásia e na Europa.
  • Temendo o avanço da doença, vários países de maioria islâmica anunciaram mudanças em suas atividades religiosas.
  • Na Arábia Saudita, as viagens à Meca e Medina estão suspensas para estrangeiros.

A pandemia causada pelo coronavírus (COVID-19) está deixando diversas comunidades islâmicas em alerta pelo mundo. O vírus está se espalhando rapidamente, já infectou mais de 93.000 pessoas e matou mais de 3.000.

Os países mais atingidos pelo vírus estão na Ásia e na Europa. São eles: França, Singapura, Alemanha, Japão, Irã, Itália, Coreia do Sul e China

Temendo o avanço da doença, os muçulmanos de vários países estão mudando seus hábitos para evitar a proliferação do vírus. Nem mesmo a cidade sagrada de Meca escapou, e a mesquita al-Haram, a mais importante do Islam, teve sua visitação reduzida. Veja abaixo quais locais já tiveram sua rotina afetada pela ameaça do coronavírus:

Arábia Saudita

Na última quarta-feira (04/03), o governo suspendeu a Umrah, a peregrinação menor, para fiéis estrangeiros e suspendeu a emissão de vistos para entrar no país. A visitação a alguns setores da mesquita al-Haram, na cidade de Meca, chegou a ser suspensa nesta quinta-feira para higienização do local, mas algumas partes estão liberadas apenas para o acesso de cidadãos sauditas.

Uma imagem divulgada hoje mostrou a mesquita al-Haram completamente vazia, uma cena bastante atípica para o local, que está acostumado a receber milhões de pessoas.

Meca vazia por causa do Coronavirus
Algumas partes da mesquita al-Haram foram fechadas para esterilização (Foto:AFP)

Além de Meca, as viagens até Medina, onde fica a mesquita do Profeta Muhammad, que é a segunda mais importante do Islam, também foram suspensas para os peregrinos estrangeiros.

Recomendado para você:  Enem 2019: Conheça Os Direitos Dos Candidatos Muçulmanos

O governo saudita ainda não anunciou nenhuma medida para o Hajj, a peregrinação maior, que deve acontecer neste ano entre os dias 28 de julho e 2 de agosto. Este período costuma atrair mais de 3 milhões de fiéis até Meca e cerca de 60.000 pessoas já se inscreveram para participar do evento em 2020.

Nas últimas semanas, a Arábia Saudita teve dois casos de coronavírus confirmados.

Irã

A situação do Irã é uma das mais críticas. O país possui o quarto maior índice de infecção por coronavírus do mundo, sendo 2.922 casos confirmados e 92 mortes registradas. As orações da sextas-feiras estão sendo suspensas em todas as províncias, a fim de evitar aglomerações que favoreçam a disseminação da doença. 

Cingapura

As comunidades da Cingapura mantêm o foco nos cuidados que os muçulmanos devem ter ao ir às mesquitas. O ministro do país, responsável pelos assuntos islâmicos, aconselhou aos fiéis a levar seus próprios tapetes quando forem fazer as suas orações e a evitar apertos de mão.

“Nestas circunstâncias, não apertamos as mãos. Mas, se o fizer, lave as mãos e, em seguida, certifique-se de não tocar no rosto. Isto é apenas uma precaução para muitos de nós, que sempre esquecemos disso”, disse ele.

Além disso, também foi aconselhado aos muçulmanos que fiquem em casa se tiverem alguns dos sintomas de infecção, como: febre, tosse, falta de ar e dificuldades respiratórias.  

Na Cingapura, foram registrados 100 casos de coronavírus. No entanto, a maioria dos pacientes já se recuperou.

Reino Unido

A Grã-Bretanha já registrou 87 casos de contaminação pela doença. Pensando em frear sua propagação, o Conselho Muçulmano da Grã-Bretanha (MCB) pediu às instituições islâmicas do país que orientem os fiéis a ter cuidado, destacando a importância da higiene, não somente para preservar a saúde, mas também como parte da fé. 

Recomendado para você:  Na Indonésia Líder Religioso leva Chibatadas por Trair sua Esposa

No site da instituição, eles publicaram a seguinte mensagem: “Muitos desses conselhos enfatizam a limpeza e higiene de acordo com a tradição islâmica. Abu Malik Al-Ashari relatou que o Mensageiro de Allah disse: ‘A pureza é metade da iman (fé)’.”

O Conselho Muçulmano da Grã-Bretanha ainda apelou para que as instituições, como escolas e mesquitas, também deixem sabonetes e sanitizantes para que os muçulmanos possam manter a higiene.

Tajiquistão 

A exemplo do Irã, o Tajiquistão está suspendendo as orações da sexta-feira nas mesquitas e orientou que os fiéis mantenham suas preces em casa. No país, há 9 milhões de muçulmanos.

O país fechou suas fronteiras com a China e o Afeganistão e não está permitindo entrada e saída de pessoas da Coréia do Sul, Irã e Itália.

Nenhum caso foi registrado no país até o momento. 

Com informações de Al Jazeera.

Links para Leitura

Sobre A Redação

A Equipe de Redação do Iqara Islam é multidisciplinar e composta por profissionais da área de Marketing, Ilustração/Design, História, Administração, Gestão de Recursos Humanos, Tradutores Especializados (Árabe e Inglês) e especialistas na Religião Islâmica. Atualmente a equipe é composta por 10 profissionais.