Página Inicial » Opinião » Reflexão » Ao se estudar o Islam, primeiro é preciso estudar a Conduta Islâmica
stone stack closeup, concept of balance and harmony

Ao se estudar o Islam, primeiro é preciso estudar a Conduta Islâmica

O bom caráter, a moral e as boas maneiras são o coração do Islam. Todas as ciências islâmicas são direcionadas à refinação do comportamento interno e externo das pessoas e seu relacionamento com Allah e a humanidade em geral. A ética é sua própria ciência no Islam, e na realidade é a ciência mais importante que precede todos os outros campos avançados do conhecimento.

Foi estabelecido pelo Profeta ﷺ e seus companheiros que a transmissão do conhecimento ético é um objetivo essencial da religião islâmica.

Abu Huraira رضي الله عنه relatou: O Mensageiro de Allah, ﷺ, disse:

إِنَّمَا بُعِثْتُ لِأُتَمِّمَ صَالِحَ الْأَخْلَاقِ                                                                                                                      

“Em verdade, só fui enviado para aperfeiçoar o caráter justo.”                                        

Fonte: Musnad Aḥmad 8729                                                                                                

Ad-Dahhak, رحمة الله عليه disse:

السَّيِّدُ الْحَسَنُ الْخُلُقِ                                                                                                                                    

“O ‘x’ da questão é o bom caráter.”               

Fonte: Makarim al Akhlaq lil-Khara’iti – 524

Portanto, todas as regras, conceitos e práticas do Islam, devem afetar o comportamento interno e externo.

Ibn al Qayyim escreve:

الدِّينُ كُلُّهُ خُلُقٌ فَمَنْ زَادَ عَلَيْكَ فِي الْخُلُقِ زَادَ عَلَيْكَ فِي الدِّينِ

“A religião em si é de caráter inteiramente bom, então quem ultrapassa você em caráter, ultrapassou você na religião.”

Fonte:  Madarij al-Salikin – 2/294

E Ash-Shatibi escreve:

وَالشَّرِيعَةُ كُلُّهَا إِنَّمَا هِيَ تَخَلُّقٌ بمكارمِ الْأَخْلَاقِ

“A Sharia em sua totalidade é apenas criar uma nobre moral.”

Fonte:  al-Muwafaqat – 2/124

Os companheiros entenderam que a ética é uma ciência distinta, mas integral para outras ciências islâmicas. Eles encorajaram seus estudantes e os muçulmanos como um todo, a buscar conhecimento e ao mesmo tempo, aprender boas caraterísticas e boas maneiras.

Imran ibn Muslim relatou: Umar ibn Al Khattab, رضي الله عنه , disse:

تعلموا العلم وعلموه الناس وتعلموا له الوقار والسكينة وتواضعوا لمن يعلمكم عند العلم وتواضعوا لمن تعلموه العلم ولا تكونوا جبابرة العلماء فلا يقوم علمكم بجهلكم

“Adquira conhecimento e ensine as pessoas. Aprenda com isso dignidade, tranquilidade e humildade para aqueles que ensinam a você e humildade para aqueles a quem você ensina. Não sejam eruditos tirânicos e, assim, baseie seu conhecimento sobre (acima de) sua ignorância.”

Fonte: Shu’b al-Iman – 1650

Recomendado para você:  10 Dicas de saúde que unem a ciência e a Sunnah!

Bom caráter e boas maneiras não é algo que vem sem esforço. Assim como estudamos grandes livros de comentários sobre o Alcorão e a Sunnah da mesma forma, precisamos estudar ética e etiqueta.

Raja Ibn Haywah relatou: Abu Darda, رضي الله عنه , disse:

إِنَّمَا الْعِلْمُ بِالتَّعَلُّمِ وَإِنَّمَا الْحِلْمُ بِالتَّحَلُّمِ

“Na verdade, o conhecimento só se alcança aprendendo. E a indulgência só se alcança cultivando a tolerância.”

Fonte: Rawḍat al-ʻUqalā 100

O caráter e as maneiras são, na verdade, dois lados da mesma moeda, dois aspectos da realidade ética única. O caráter (al-akhlaq) de acordo com Ibn Manzur, em Lisān al Arab, são as qualidades que residem no coração, e as maneiras (al-adab) são o comportamento externo que as pessoas manifestam. Em outras palavras, as boas maneiras são o resultado de um bom caráter. Como tal, precisamos aprender sobre os métodos de alcançar um coração puro e o comportamento social que deve segui-lo.

Ibn Al Qayyim escreve:

وحقيقة الأدب استعمال الخلق الجميل ولهذا كان الأدب استخراج ما في الطبيعة من الكمال من القوة إلى الفعل

“A realidade das boas maneiras é o que resulta de um belo caráter. Assim, as maneiras são a externalização da integridade e da força na disposição interior em ação.”

Fonte: Madarij al Salikin – 2/361

Como a ética ocupa um lugar tão importante no Islam, essa deve ser nossa maior preocupação depois de aprendermos o básico das crenças e adorações islâmicas. 

Foi prática dos predecessores justos (al salaf salihin) se concentrar em adquirir bom caráter e maneiras, antes de se aproximar seriamente dos campos avançados do conhecimento islâmico relacionados à exegese alcorânica (al-tafsir), a Sunnah (al-hadīth), a crença (al aqidah), a lei (al fiqh), a biografia (al sirah), a história (al-tarikh), a liderança (al-imamah) dentre outros assuntos.

Malik ibn Anas, رحمة الله عليه , disse:

تَعَلَّمِ الأَدَبَ قَبْلَ أَنْ تَتَعَلَّمَ الْعِلْمَ

“Aprenda boas maneiras antes de buscar conhecimento.”

Fonte: Gharaib Malik ibn Anas – 45

Recomendado para você:  6 Atitudes Erradas de um Novo Convertido ao Islam

E o Imam Malik disse:

أمي تعممني وتقول لياذهب إلى ربيعة فتعلم من أدبه قبل علمه

“Minha mãe me vestia e dizia: Vá para o Sheikh Rabiah e aprenda suas maneiras antes de seu conhecimento.”

Fonte: Tartib al Madarik – 1/130

Ibn al Mubarak, رحمة الله عليه , disse ao povo de hadīth:

أنتم إِلَى قَلِيلٍ مِنَ الْأَدَبِ أَحْوَجُ منكم إِلَى كَثِيرٍ مِنَ الْعِلْمِ

“Você tem mais necessidade de um pouco de educação do que de muito conhecimento.”

Fonte: Tarikh Dimashq – 32918

E também Ibn al Mubarak disse:

طلبت الأدب ثلاثين سنة وطلبت العلم عشرين سنة وكانوا يطلبون الأدب ثم العلم

“Busquei boas maneiras por trinta anos e busquei conhecimento por vinte anos. Os predecessores justos, buscariam boas maneiras e depois então buscariam conhecimento.”

Fonte: Ghayat al Nihayah – 1/446

Sufyan Ath-Thawri, رحمة الله عليه , disse:

كَانَ الرَّجُلُ إِذَا أَرَادَ أَنْ يَكْتُبَ الْحَدِيثَ تَأَدَّبَ وَتَعَبَّدَ قَبْلَ ذَلِكَ بِعِشْرِينَ سَنَةً

“Se um homem pretendesse escrever o hadith, ele estudaria boas maneiras e adoração durante vinte anos antes de fazê-lo.”

Fonte: Hilyat al-Awliya – 361

Laith ibn Saad, رحمة الله عليه , disse ao povo de hadith:

تَعَلَّمُوا الْحِلْمَ قَبْلَ الْعِلْمِ

“Aprenda a tolerância antes de buscar conhecimento.”

Fonte: Jami’ Bayan al-i’lm – 581

De fato, os predecessores justos aprenderiam mais com as maneiras de um estudioso, do que com seu conhecimento.

Az-Zuhri, رحمة الله عليه , disse:

كُنَّا نَأْتِي الْعَالِمَ فَمَا نَتَعَلَّمُ مِنْ أَدَبِهِ أَحَبُّ إِلَيْنَا مِنْ عِلْمِهِ

“Chegávamos a um erudito e o que aprendíamos com seus modos era mais amado para nós do que seu conhecimento.”

Fonte: Hilyat al-Awliya – 4575

Ibn Wahb, رحمة الله عليه , disse:

مَا تَعَلَّمْتُ مِنْ أَدَبِ مَالِكٍ أَفْضَلَ مِنْ عِلْمِهِ

“O que aprendi com os modos de Malik foi melhor do que o seu conhecimento.”

Fonte: Jami’ Bayan al-i’lm 581

A falha em entender a importância da ética e seu status entre os campos do conhecimento, está causando muitas dúvidas sobre os muçulmanos hoje em dia. A razão é que as ciências islâmicas avançadas contêm detalhes complicados relacionados à credos, seitas, diferenças de opinião e questões confusas que a maioria das pessoas não entendem sobre isso.

Recomendado para você:  Livro ''Guerra Santa'' de Nigel Cliff

Somente aqueles que são fortemente fundamentados na ética islâmica são capazes de abordar essas questões da melhor maneira, sem causar confusão entre as massas ou entregando-se à argumentos infrutíferos. Em contraste, muitos jovens aprendem um pouco de conhecimento avançado, sem suas maneiras necessárias, e assim, se envolvem em sectarismo e transgressão contra outros muçulmanos.

O Profeta ﷺ e os eruditos justos nos advertiram que debates amargos e arrogantes na religião, são uma das principais causas que levam as pessoas a se desviarem e fomentarem o ódio.

Abu Umamah رضي الله عنه relatou: O Mensageiro de Allah, , disse:

مَا ضَلَّ قَوْمٌ بَعْدَ هُدًى كَانُوا عَلَيْهِ إِلَّا أُوتُوا الْجَدَلَ

Ninguém se desvia após ser guiado, exceto aqueles que se entregam a argumentos.

Então o Profeta recitou o verso:

مَا ضَرَبُوهُ لَكَ إِلَّا جَدَلًا بَلْ هُمْ قَوْمٌ خَصِمُونَ

Eles dão um exemplo para você apenas discutir. Pelo contrário, eles são um povo briguento. (43:58)

Fonte: Sunan at-Tirmidhi – 3253

Malik ibn Anas, رحمة الله عليه , disse:

الءُمِرَاءُ وَالْجِدَالُ فِي الْعِلْمِ يَذْهَبُ بِنُورِ الْعِلْمِ مِنْ قَلْبِ الرَّجُلِ

A disputa e os argumentos sobre o conhecimento sagrado fazem com que a luz do conhecimento se extinga no coração do homem.

E ele disse:

الْمِرَاءُ فِي الْعِلْمِ يُقَسِّي الْقَلْبَ وَيُؤَثِّرُ الضَّغْنَ

A disputa sobre o conhecimento sagrado faz com que o coração endureça e resulte em ódio.

Fonte: Jami’ al ‘Ulum wal Ḥikam – 1/248

A solução é retornar ao conhecimento ético no Alcorão e na Sunnah como a principal ciência islâmica. O propósito de tudo o que aprendemos no Islam é nos tornar pessoas melhores, melhores servos de Allah e melhores companheiros para a humanidade em geral. Quando entendermos isso, seremos capazes de confrontar problemas modernos e questões complicadas sem cair em desorientação e ódio.

O sucesso vem de Allah, e Allah sabe melhor!

Fonte:https://abuaminaelias.com/good-character-comes-before-knowledge-of-islamic-sciences/?fbclid=IwAR1ftnCOQz_qmf70YZ2hcSTQESd7PYkLRK2TlQxDRa7Asy7guARTdTYVpqE

Sobre A Redação

A Equipe de Redação do Iqara Islam é multidisciplinar e composta por profissionais da área de Marketing, Ilustração/Design, História, Administração, Gestão de Recursos Humanos, Tradutores Especializados (Árabe e Inglês) e especialistas na Religião Islâmica. Atualmente a equipe é composta por 10 profissionais.