Página Inicial » Mundo Islâmico » Sarah al Amiri: A mulher por trás do programa espacial dos Emirados Árabes

Sarah al Amiri: A mulher por trás do programa espacial dos Emirados Árabes

Sarah al Amiri é ministra de Estado das Ciências Avançadas dos Emirados Árabes e está à frente da missão que levará uma sonda ao planeta Marte.
  • Sarah al Amiri é ministra de Estado das Ciências Avançadas dos Emirados Árabes e lidera a missão que levará a sonda Hope a Marte.
  • Ela possui um vasto currículo e já havia feito parte das equipes que levaram os primeiros satélites emiradenses ao espaço.
  • 80% das engenheiras e técnicas da equipe de Sarah são mulheres.

A sonda Hope enviada ao planeta Marte foi fruto de um projeto ambicioso que envolveu uma parceria entre o governo dos Emirados Árabes Unidos e engenheiros e cientistas americanos.  Esta foi a primeira missão interplanetária de um país árabe e envolveu os esforços de uma parte importante da comunidade científica do país, principalmente de uma mulher: Sarah al Amiri, de 33 anos de idade.

Apesar da pouca idade, Sarah é ministra de Estado de Ciências Avançadas do Gabinete dos Emirados Árabes e é a responsável pela execução da missão que levou a sonda Hope ao espaço. Anteriormente, ela já havia feito parte da equipe que enviou os dois primeiros satélites emiradenses para o espaço.

Os esforços de Sarah ajudaram a inaugurar uma nova era para a ciência nos Emirados Árabes que, após adquirir novos conhecimentos em tecnologia espacial, pretende agora atrair estudantes de diversas nacionalidades, o que representa um ganho para a educação e a economia do país, que é bastante dependente do petróleo. 

Trajetória de Sarah

Aos 12 anos, Sarah já tinha um grande interesse sobre o espaço. Ela desejava ver uma imagem da galáxia de Andrômeda, que é a mais próxima da Via Láctea, e isso inspirou sua busca por conhecimento ao longo dos anos.

Ela se formou em ciências da computação na Universidade Americana de Sharjah e iniciou sua carreira na Instituição de Ciência e Tecnologia Avançada dos Emirados. Naquela época, seu principal interesse já era a engenharia aeroespacial, embora seu país ainda não tivesse um programa nesta área.

Quando os Emirados Árabes finalmente criaram seus primeiros satélites, ela integrou as equipes que os enviaram ao espaço. O êxito dos primeiros trabalhos fez com que ela ingressasse no Ministério das Mudanças Climáticas e Meio Ambiente e, mais tarde, ela ocupou um cargo sênior no Dubai World Trade Center.

Em 2016, nomeada chefe do Conselho de Ciência dos Emirados, e um ano depois ela foi colocada à frente do plano de construção e lançamento da sonda Hope ao espaço. Atualmente, ela é vice-diretora de projetos e líder científica da missão a Marte.

A missão Hope

A sonda foi lançada em julho de 2020, mas deve chegar em Marte somente em fevereiro de 2021, e fará uma análise profunda sobre a atmosfera do planeta para entender como ele perdeu boa parte de seu ar e quase toda a sua água. 

Sarah acredita que este acontecimento inaugura uma nova era e irá estimular novos avanços na ciência aeroespacial do país, fomentando o interesse nas gerações mais novas e possibilitando novas oportunidades de negócio. Em entrevista à agência de notícia oficial dos Emirados Árabes, ela declarou: 

“Quando tratamos sobre a economia dos Emirados Árabes Unidos nos próximos 30 anos, uma de suas fundações é a ciência e a tecnologia, porque queremos ter uma economia baseada no conhecimento – conhecimento de produção, utilização do conhecimento e criação de ativos intangíveis.”

Além do pioneirismo, outro fato chama atenção na equipe de Sarah: a participação feminina. Cerca de 80% das engenheiras e técnicas que trabalharam na equipe pessoal da ministra são mulheres, e cerca de 34% do contingente de profissionais envolvidas na missão também são composto por elas.

Com informações de: channeliam

Links para Leitura

Sobre a Redação

A Equipe de Redação do Iqara Islam é multidisciplinar e composta por profissionais da área de Marketing, Ilustração/Design, História, Administração, Gestão de Recursos Humanos, Tradutores Especializados (Árabe e Inglês) e especialistas na Religião Islâmica. Atualmente a equipe é composta por 10 profissionais.