Página Inicial » Jejum » Saiba mais sobre o Mês Sagrado de Muharram e o Jejum de Ashura

Saiba mais sobre o Mês Sagrado de Muharram e o Jejum de Ashura

Nossos Deveres no Mês de Muharram

  1. É o melhor mês para jejuns voluntários no geral, depois do Ramadan.
  2. Recomenda-se principalmente que jejuemos no dia 10 de Muharram (conhecido como o Dia de ‘Ashura), e no dia anterior ou no dia posterior a ele. [Ibn Abidin, Radd al-Muhtar, citando o al-Badai, de Kasani]
  3. Também há virtude em se fazer caridade neste dia.

Trechos do livro Lataif al-Marif de Ibn Rajab acerca do mês de Muharram:

Muslim relata de Abu Hurayra (que Allah esteja satisfeito com ele), que o Profeta (que Allah o abençoe e lhe dê a paz) disse: “O melhor dos jejuns após o mês do Ramadan é no Mês de Allah, que vocês chamam de Muharram. E a melhor oração depois da oração obrigatória é a oração noturna.” [Muslim, 1163]

Segundo Imam Ibn Rajab (que Allah tenha misericórdia dele), o hadith faz referência a jejuns voluntários: os melhores jejuns voluntários são os do mês de Muharram, tal como a melhor oração voluntária em geral é a oração noturna.

A virtude e a honra desse mês podem ser confirmadas pelo fato de que o Profeta (que Allah o abençoe e lhe dê a paz) o chamou de “o Mês de Allah” (Shahr Allah). Allah só qualifica dessa maneira o que é mais especial entre a Sua criação, como os títulos de Escravos d’Ele, atribuído por Ele aos Profetas: Muhammad, Abraão (Ibrahim), Isaque (Ishaq), Jacó (Ya‘qub) e a outros, e a atribuição a Ele da Casa (Kabah) e da camela.

Uma vez que Allah atribuiu o jejum, entre todas as obras espirituais a Ele [com as palavras: “Ele é Meu”], é apropriado que este mês, que também é atribuído a Allah, seja o mês escolhido para esta forma de adoração em particular.

O jejum é um segredo entre o servo e seu Senhor. É por isso que Allah, o Poderoso, o Altíssimo, diz (no hadith divino [hadith qudsi]): “Toda ação do filho de Adão (Adam) é dele, exceto o jejum. Ele é Meu, e sou Eu que o recompenso.” [Bukhari e Muslim, de Abu Hurayra]

O Profeta (que Allah o abençoe e lhe dê a paz) também disse: “O jejuador tem duas felicidades: uma ao quebrar seu jejum e outra quando encontrar o seu Senhor.” [Muslim]

Recomendado para você:  7 Motivos Fantásticos para Você Jejuar no Dia de Arafah

A Oração Noturna

Quanto à oração noturna (qiyam al-layl), ela é superior às orações voluntárias durante o dia pois ela é mais próxima de ser secreta e mais próxima da sinceridade (ikhlas).

Allah, o Altíssimo, disse: “Em verdade, o ato de te levantares à noite para rezares é mais marcante e mais adequado.” [Alcorão, 73:6]

Isso porque o horário da vigília noturna (tahajjud) é o melhor dos horários para a oração voluntária e o momento em que o servo mais se aproxima de seu Senhor. É um horário em que as portas dos céus se abrem, em que as súplicas são atendidas e as necessidades, preenchidas.

Allah, o Altíssimo, enalteceu aqueles que acordam de noite para a recordação d’Ele, para a súplica, em busca do perdão, rogando intimamente (munajat), com as palavras: “São aqueles, cujos corpos não relutam em se afastar dos leitos para invocarem seu Senhor com temor e esperança, e que fazem caridade daquilo com que os agraciamos. Nenhuma alma caridosa sabe que deleite para os olhos lhe está reservado, em recompensa pelo que fez.” [Alcorão, 32:16-17]

E: “Tal homem poderá, acaso, ser equiparado àquele que se consagra (ao seu Senhor) durante as horas da noite, quer esteja prostrado, quer esteja em pé, que se precata em relação à outra vida e espera a misericórdia do seu Senhor? Dize: Poderão, acaso, equiparar-se os sábios com os insipientes? Só os sensatos o acham.” [Alcorão, 39:9]

E Ele disse ao Seu Profeta (que Allah o abençoe e lhe dê a paz): “E pratica, durante a noite, orações voluntárias; talvez assim teu Senhor te conceda uma posição louvável.” [Alcorão, 17:79]

Foi dito que aqueles que fazem suas adorações de noite entrarão no paraíso sem prestação de contas e que nos levantarmos na oração noturna encurta o tempo em que ficaremos em pé no Dia do Julgamento.

É por isso que o Profeta (que Allah o abençoe e lhe dê a paz) disse: “Não deixem de rezar de noite, pois era a maneira dos justos antes de vocês. A oração noturna é um meio de se aproximar de Allah, o Altíssimo, de expiar as más obras, de evitar os pecados e de se afastar das doenças do seu corpo.” [Tirmidhi, 3543], Bayhaqi e outros; é um hadith íntegro (hasan).

Recomendado para você:  10 Maneiras de se beneficiar do Ramadã durante a Menstruação

De maneira análoga, relata-se que jejuar é um meio de se obter a boa saúde. Relata-se que o Profeta (que Allah o abençoe e lhe dê a paz) disse: “Jejue, e terá boa saúde.” [Ahmad de Abu Hurayra]

Para aqueles que amam, não há momento de mais alegria do que quando estão sozinhos rogando ao seu Amado. É a cura para os seus corações e o momento grandioso que eles podem esperar.

É por isso que Abu Sulayman al-Darani diria: “O povo da noite encontra mais felicidade do que o povo da distração (lahw) nas distrações deles. Se não fosse a noite, eu não gostaria de continuar vivendo.”

O Dia de Ashura: o Dia Dez de Muharram

Bukhari e Muslim mencionam que alguém perguntou a Ibn Abbas (que Allah esteja satisfeito com ele e seu pai) sobre o jejum no Dia de ‘Ashura [o dia 10 de Muharram]. Ele disse: “Eu nunca vi o Mensageiro de Allah (que as bênçãos e a paz estejam com ele) jejuar um dia buscando mais avidamente o mérito da data do que nesse dia [o Dia de ‘Ashura].” [Bukhari, 2006, e Muslim, 1132]

Há grandes méritos no Dia de ‘Ashura e ele é de santidade (hurma) imensa. O mérito de jejuar durante ele era conhecido pelos Profetas (que a paz esteja com todos eles). O Profeta Noé (Nuh) e o Profeta Moisés (Musa) jejuavam nele.

O Profeta (que Allah o abençoe e lhe dê a paz) costumava jejuar nesse dia mesmo em Meca, apesar de que ele ainda não havia ordenado aos outros que o fizessem, mencionam Bukhari e Muslim. [Bukhari, 2002, Muslim, 1125]

Quando ele migrou para Medina e encontrou o Povo do Livro jejuando nesse dia e o venerando, ele ordenou que os muçulmanos jejuassem nele, encorajando tanto o jejum que até as crianças jejuavam.

Bukhari e Muslim relatam de Ibn Abbas (que Allah esteja satisfeito com ele) que, quando o Mensageiro de Allah (que as bênçãos e a paz estejam com ele) chegou em Medina, ele encontrou os judeus jejuando no Dia de ‘Ashura, então perguntou a eles: “Que dia é esse em que você jejuam?” E eles responderam: “Esse é um dia magnífico. Allah salvou Musa e seu povo neste dia e afogou o Faraó e o povo dele. Musa jejuou neste dia por gratidão, então jejuamos também.” O Mensageiro de Allah (que as bênçãos e a paz estejam com ele) disse: “E nós somos mais dignos de Musa do que vocês são.” Então ele jejuou no dia e ordenou que jejuássemos nele. [Bukhari, 2004, e Muslim, 1130]

Recomendado para você:  10 Maneiras de se beneficiar do Ramadã durante a Menstruação

No fim de sua vida, o Mensageiro de Allah (que a paz e as bênçãos estejam com ele) determinou que não se jejuasse somente nesse dia, mas também num outro dia [antes ou após ele], para que os muçulmanos se diferenciassem do Povo do Livro.

Imam Muslim (que Allah tenha misericórdia dele) relata em seu livro, Sahih, também de Ibn Abbas (que Allah esteja satisfeito com ele) que: “Quando o Mensageiro de Allah (que as bênçãos e a paz estejam com ele) jejuou no Dia de ‘Ashura e ordenou a seus companheiros que também jejuassem, eles disseram: “Ó Mensageiro de Allah! Este é um dia que os judeus e cristãos veneram.” Então o Mensageiro de Allah (que as bênçãos e a paz estejam com ele) disse: “Quando chegar o próximo ano – se Allah quiser – jejuaremos no dia nove [de Muharram, além do dia 10].” Mas o ano seguinte não veio antes da morte do Mensageiro de Allah (que as bênçãos e a paz estejam com ele).” [Muslim, 1134, Abu Dawud, 2245]

E Imam Ahmad (que Allah tenha misericórdia dele) relata no Musnad, de Ibn Abbas (que Allah esteja satisfeito com ele), que o Profeta (que Allah o abençoe e lhe dê a paz) disse: “Jejuem no dia de ‘Ashura e sejam diferentes dos judeus, jejuando no dia antes dele ou no dia após ele.” [Ahmad]

A Caridade no Dia de Ashura

É relatado de Abd Allah ibn ‘Amr ibn al-‘As (que Allah esteja satisfeito com ele), que “Quem jejuar no dia de ‘Ashura, será como se tivesse jejuado o ano inteiro. E a caridade nesse dia é como a caridade de um ano inteiro.”

Alguns Méritos do Dia de Ashura

É um dia em que Allah perdoou um povo inteiro. Tirmidhi relata que o Profeta (que Allah o abençoe e lhe dê a paz) disse a um homem: “Se você quiser jejuar num mês após o Ramadan, jejue no mês de Muharram, pois nele há um dia em que Allah perdoou um povo inteiro, um dia em que Ele se volta a quem se arrepende.” [Tirmidhi, 841]

E somente Allah concede o sucesso.

Fonte: https://www.seekersguidance.org/answers/general-counsel/virtues-of-the-sacred-month-of-muharram-its-first-ten-days-and-the-day-of-ashura/

Sobre A Redação

A Equipe de Redação do Iqara Islam é multidisciplinar e composta por profissionais da área de Marketing, Ilustração/Design, História, Administração, Gestão de Recursos Humanos, Tradutores Especializados (Árabe e Inglês) e especialistas na Religião Islâmica. Atualmente a equipe é composta por 10 profissionais.