Página Inicial » História Islâmica » Os primeiros intelectuais otomanos

Os primeiros intelectuais otomanos

O Estado Otomano foi estabelecido em 1299 e acabou por se transforar em um dos principais impérios muçulmanos do mundo alguns séculos depois de sua fundação. Estendeu-se até a primeira guerra mundial, mas foi no século XVI que costuma-se considerar sendo a ”idade de ouro” dos otomanos. Foi durante este período que o prolífico estudioso Taşköprüzade Ahmet (d. 1561), escreveu uma obra monumental dando breves biografias dos eruditos do império otomano até seu tempo. Seu Shaqāʾiq al-Nuʿmāniyya fī ʿUlemāʾal-Dawla al-ʿUthmāniyya, hoje serve como uma valiosa fonte de informações sobre os primeiros 250 anos de erudição otomana.

O texto é dividido em dez partes, uma para cada um dos dez sultões (de Osman até Süleyman) até a época de Taşköprüzade. O que vem a seguir, é uma tradução da primeira parte, tendo em vista Os Sete Sábios do tempo de Osman Ghazi, fundador do Estado Otomano:

A primeira geração: Os intelectuais do estado de Osman Ghazi, que foi reconhecido como sultão em 699 (da hégira).

Mastre Edebali

E dentre os eruditos em seu tempo está  o mestre Edebali. Ele nasceu (que Deus esteja satisfeito com ele) nas terras de Karaman e lá estudou algumas das ciências. Depois viajou para o Levante e estudou profundamente com os estudiosos da Síria. Tafsīr, Ḥadīth, e uṣūl al-fiqh foi o que estudou com eles. Mais tarde, ele viajou para sua terra natal e começou a servir o sultão Osman Ghazi. Ele alcançou sua completa aceitação, e todos começaram a recorrer a ele em questões de sharī’a e consultavam-o sobre questões de governança.

Ele era um estudioso ativo, um adorador e um asceta. Dizem que suas súplicas foram aceitas e que as pessoas procuravam bênçãos de suas nobres palavras. E ele (que Deus esteja satisfeito com ele) tinha abundância de riqueza, prosseguiu no caminho do Sufis e construiu no Estado Otomano uma pousada onde os viajantes poderiam ficar, onde abrigou Sultão Osman nele também.

Recomendado para você:  A vida do Imame Abu Hanifa

Em uma noite em que o Sultão Osman permaneceu na pousada,  viu em seu sonho que uma lua saiu do peito de Shaykh Edebali e entrou em seu próprio peito. E dela foi gerada uma grande árvore a partir de seu umbigo, com os seus ramos bloqueando os horizontes e sob ele grandes montanhas com rios provenientes deles que as pessoas se beneficiam, com seus animais de montaria e seus jardins.

Osman contou seu sonho para o shaykh, que lhe disse: “Você tem uma boa notícia. Você atingiu a posição de sultão e os muçulmanos se beneficiarão de você e de seus filhos.’’ E eu lhe dou esta filha minha em casamento.”.  E Osman teve filhos dela.

O shaykh atingiu a idade de 120 anos. Ele morreu no ano 726. Um mês depois de sua morte, sua filha, a esposa do sultão Osman e a mãe do sultão Orhan também morreram.  Três meses depois de sua morte, o sultão Osman Ghazi também morreu.

 

Tursun Faqīh

Dentre eles está o mestre Tursun Faqih. Ele é genro do Mestre Edebali e também oriundo das terras de Karaman. Ele estudou com o mestre tafsīr, Ḥadīth, e uṣūl al-fiqh, e conseguiu profunda compreensão com ele. Depois da morte de Edebal, ele assumiu a posição de dar opiniões legais, gestão de governança e ensino das ciências religiosas. E ele era um erudito e uma pessoa ativa, cujas súplicas eram respondidas.

 

Mastre Khattāb al-Ḳaraḥiṣārī

E dentre eles está o mestre Khattab ibn Abi al-Qāṣim al-Ḳaraḥiṣārī. Ele estudou em sua pátria com os estudiosos de seu tempo, então viajou para terras sírias, estudou com seus eruditos e aprendeu com eles fiqh, Ḥadīth e tafsīr, depois retornou à sua pátria, onde ele morreu (que Deus tenha misericórdia dele.)

Recomendado para você:  Carijitas: Quem são e qual sua origem?

Ele tem um comentário abençoado sobre o trabalho do shaykh e estudioso ‘Umar al-Nasafī sobre questões de disputa. Ele terminou de escrevê-lo no ano 717.

 

Mukhlis Baba

Dos shaykhs de seu tempo estava o shaykh, o conhecedor de Allah, Mukhlis Baba.  Ele (que Deus esteja satisfeito com ele) estabeleceu-se nas terras de Karaman e  participou das conquistas do sultão Osman Ghazi. Era ele aquele que tinha súplicas aceitas, um buscador de espiritualidade e alguém que alcançara Deus. E ele tinha dons supremos concedidos de Deus e sublimes estações espirituais (Que Deus proteja seus grandes segredos.)

ʿĀshiq Paşa

E dentre eles está o shaykh, o conhecedor de Deus, ‘Ashiq Paşa, o filho do mencionado Mukhlis Baba. Ele se estabeleceu em um lugar chamado Kırşehir nas terras de Ḳaramān,  onde permaneceu até morrer. Lá seu túmulo é bem conhecido, as súplicas feitas são respondidas, e as pessoas buscam bênçãos com ele.

Ele (que Deus proteja seus segredos) era um adorador, um asceta, um conhecedor de Deus de seus atributos, e ativo na obtenção dos estados e estações da espiritualidade que procurava. Ele escreveu um livro em turco contendo escritos sobre os estados e as estações da busca da espiritualidade.

‘Ilwān Çelebi

E dentre eles está o shaykh, o conhecedor de Allah ‘Ilwān Çelebi, filho do mencionado ‘Shiq Paşa. Ele (que Deus esteja satisfeito com ele) estabeleceu-se em um lugar perto da cidade de amásia, onde morreu e foi enterrado. Visitei seu túmulo venerável no auge da minha juventude e busquei bênçãos. Ele (que Deus esteja satisfeito com ele) era um adorador, um asceta, e um conhecedor de Allah e ele tinha uma imensa capacidade de atrair pessoas. Ele também tem uma obra sobre espiritualidade.

Recomendado para você:  Jerusalém e Umar Ibn Al-Khatab

Shaykh Ḥasan

E dentre eles está o shaykh, o conhecedor de Deus, Shaykh Ḥasan. Ele (que Deus esteja satisfeito com ele) era um adorador, um asceta, cujas súplicas foram aceitas e em quem os dons de Deus eram evidentes,  era um tesouro de bênçãos.  Ele tinha uma loja perto da Casa da Felicidade na terra de Bursa. Ele é apelidado de “Akhī Ḥasan” (Que Deus proteja seu grande segredo.)

Fonte: https://lostislamichistory.com/the-earliest-ottoman-scholars/

Sobre A Redação

A Equipe de Redação do Iqara Islam é multidisciplinar e composta por profissionais da área de Marketing, Ilustração/Design, História, Administração, Gestão de Recursos Humanos, Tradutores Especializados (Árabe e Inglês) e especialistas na Religião Islâmica. Atualmente a equipe é composta por 10 profissionais.