Página Inicial » Mercado Halal » Mercado Halal no Brasil: Um Raio X do Setor em 2017
Mercado Halal no Brasil Um Raio X do Setor em 2017

Mercado Halal no Brasil: Um Raio X do Setor em 2017

O Mercado Halal é de extrema importância para a economia brasileira. Pensando nisso, desenvolvemos esta análise, com os principais pontos do mercado, seus problemas e também possíveis caminhos futuros.

1. Sumário Executivo

  • Mercado islâmico de alimentos supera a China em potencial de consumo
  • Destaque do Brasil na produção e exportação mundial de insumos para alimentação Halal
  • Baixa inserção mundial do Brasil na categoria de produtos processados
  • Pouca exploração pelo Brasil do potencial do mercado, apesar de grande exportador
  • Falta de padronização na certificação Halal cria burocracias na exportação
  • Ausência de marcas islâmicas de atuação global representa oportunidade

2. Visão Global do Mercado

População islâmica cresce acima da média em todo mundo

Estima-se que em 2015 existiam cerca de 1,8 bilhão de muçulmanos, representando 24% da população mundial. Em 2050, a projeção é de que hajam 2,7 bilhões de muçulmanos, representando 30% da população mundial.

6 maiores mercados de alimentação no mundo em 2016

Mercados de alimentação no mundo em 2016

OIC: Organisation of Islamic Cooperation

  • Fundada em 1969, é constituída por 57 países, sendo 47 de maioria muçulmana.
  • O OIC é uma organização que objetiva salvaguardar os interesses dos muçulmanos ao redor do mundo.
  • Não é um bloco econômico.
  • Desses U$ 1,245 trilhão gastos em alimentação por muçulmanos, 84% foram gastos nos 57 países que compõem o OIC, e 16% em países que não compõem o grupo.
  • População do grupo estimada em 1,3 bilhão de muçulmanos em 2015.

Mercado Islâmico de consumo em alimentos

  • Em 2016 representou 17% do gasto em alimentação em todo mundo.
  • Estimativa que represente 18,7% do gasto em alimentação do mundo em 2022, com U$ 1,930 trilhão de tamanho.

População islâmica está concentrada na Ásia e a maioria não são árabes

Segundo dados consolidado, 22 países no mundo abrigam 1% ou mais dos muçulmanos de todo mundo. Esses 22 países representam aproximadamente 83,5% do total da população islâmica mundial.

População islâmica está concentrada na Ásia

Mercado Halal: alimentação com certificação religiosa

O mercado com certificação religiosa Halal movimentou U$ 415 bilhões em 2015 e está em franco crescimento devido a busca por produtos certificados. Estima-se que será maior que U$ 1 trilhão em 2030.

Mercado Halal: alimentação com certificação religiosa

O Brasil lidera a lista de maiores exportadores de alimentos para OIC, em 2015, com alimentos não processados

Primeiro em exportação, Brasil deixa de se beneficiar do processamento de alimentos, exportando primariamente commodities. Os 10 maiores exportadores representam 46% do total exportado para os países da OIC em 2015.

O Brasil lidera a lista de maiores exportadores de alimentos para OIC

A Arábia Saudita lidera o ranking com 43,6% dos alimentos consumidos internamente vindos da importação

Os 10 maiores importadores representam 62,5% das importações para a OIC em 2015.

A Arábia Saudita lidera o ranking

Lista de países da OIC que mais importam para consumo interno e seu gasto com alimentação em 2015

Esses países apresentam grande oportunidade para aumento de exportação devido a sua dependência de importação para suprir a demanda interna de alimentos.

Lista de países da OIC que mais importam para consumo interno e seu gasto com alimentação em 2015

Outras informações

  • Os Emirados Árabes Unidos e a Malásia são dois centros de comércio importantes em suas regiões. Portanto, além de serem grandes importadores, são também reexportadores de alimentos in natura ou beneficiados, com valor agregado.
  • Os portos Jebil Ali em Dubai e Klang da Malásia, foram os números 9 e 11, respectivamente, em volume de containers mundialmente em 2016.
  • Tanto a Turquia quanto a Indonésia possuem forte produção agrícola em seus países.

Empresas mundiais que se destacam no mercado de alimentação Halal

O mercado de alimentação Halal é composto por mais de 1000 empresas, que disputam em questões como Matéria Prima, Tecnologia Produtiva, Preços, Inovação de Produtos, Compliance Regulatória e Cadeia de Distribuição.

Empresas mundiais que se destacam no mercado de alimentação Halal

Tendências do mercado de alimentação Halal internacional

A ausência de uma marca de identidade islâmica de abrangência global representa uma oportunidade para o seguimento. Novas marcas estão emergindo com esse conceito.

Tendências do mercado de alimentação Halal internacional

Principais tendências

  • Melhora das condições econômicas dos países de maioria islâmica faz com que a população busque novos alimentos para variar sua alimentação e consumam alimentos de maior valor agregado.
  • O aumento da população de muçulmanos também é considerado um forte impulsionador do mercado, que cresce acima da média dos demais.
  • A chegada das cadeias de grandes grupos varejistas impulsionam o consumo através de sua rede de distribuição, conseguindo ofertar mais produtos à população em geral.
  • Com o surgimento de marcas emergentes, com foco no mercado Halal, o mercado tem ganhado novas dinâmicas e perspectivas. É possível que novas marcas sejam criadas para atender o segmento, especialmente pela mídia negativa que tem surgido contra a certificação Halal, em países ocidentais.
  • Em relação à certificação, existe um movimento para padronização dos procedimentos, que devido aos diversos entendimentos da Lei Islâmica, divergem de país para país. Com esse objetivo foi criado, em 2017, o International Halal Accreditation Forum (IHAF), que reuniu no mesmo ano 27 certificadoras, de diversos países, nos Emirados Árabes Unidos. Existem atualmente cerca de 200 certificadoras espalhadas pelo mundo.

3. A produção de alimentos Halal no Brasil

Representatividade da exportação por região, de carne bovina, para países da OIC em 2017

Segundo levantamento, estima-se que 90% dos frigoríficos brasileiros estão habilitados para produção de proteína animal e seus derivados de maneira Halal.

Representatividade da exportação por região, de carne bovina, para países da OIC em 2017
Representatividade da exportação por região, de carne bovina, para países da OIC em 2017

Representatividade da exportação por região, de carne de frango, para países da OIC em 2017

Divergências quanto ao abate de frango têm gerado instabilidade no setor, em especial pelo principal importador, a Arábia Saudita, que representou 14% do total exportado.

Representatividade da exportação por região, de carne de frango, para países da OIC em 2017
Representatividade da exportação por região, de carne de frango, para países da OIC em 2017

Representatividade da exportação por região, de Produtos de confeitaria, para países da OIC em 2017

Safras recordes de açúcar podem ter impulsionado a oferta a países da OIC.

Representatividade da exportação por região, de Produtos de confeitaria, para países da OIC em 2017
Representatividade da exportação por região, de Produtos de confeitaria, para países da OIC em 2017

Representatividade da exportação por região, de Vegetais e produtos derivados de sementes, para países da OIC em 2017

Safra recorde de soja ajudam na recuperação da categoria em 2017.

Representatividade da exportação por região, de Vegetais e produtos derivados de sementes, para países da OIC em 2017
Representatividade da exportação por região, de Vegetais e produtos derivados de sementes, para países da OIC em 2017

Grandes empresas no Brasil já exportam para o mercado Halal

Em estudo feito com as 89 maiores empresas de alimentação do Brasil, estima-se que 25 já atuam no mercado de alimentação Halal.

Certificação Halal no Brasil

  • O Brasil possui em torno de 7 certificadoras de produtos Halal. A FAMBRAS se destaca no segmento.
  • Essas certificadoras empregam o número aproximado de 2500 pessoas, com uma parcela constituída por imigrantes de diversos países.
  • Estima-se que a FAMBRAS possui mais de 60% do mercado de certificação no Brasil.
  • Antes da certificação, é necessário entender quais países deseja-se atingir, já que cada certificadora possui os países aos quais possui validade sua certificação.
Certificação Halal nas maiores empresas de alimentação do Brasil
Certificação Halal nas maiores empresas de alimentação do Brasil, que já exportam para o mercado Halal

4. Problemas do Mercado

Para analisar o macroambiente no qual o setor está inserido é utilizado os fatores ambientais divididos em 4 aspectos que impactam o setor.

Por se tratarem de 57 países na OIC, é possível encontrar diferentes situações comerciais, sociais, religiosas e políticas em cada país.

Aspectos Políticos e Regulatórios

  • A certificação Halal é, além de uma porta de entrada, um custo adicional às empresas que desejam ingressar em mercados islâmicos.
  • O não alinhamento das regras de certificação globalmente complicam a vida dos exportadores. Isso deve mudar nos próximos anos com iniciativas para padronização internacional das certificações.
  • As autoridades religiosas dos países da OIC possuem, em geral, forte poder político, o que leva a situações de paralização das exportações por posicionamento das mesmas.

Aspectos Econômicos

  • População islâmica cada vez maior, em taxa de crescimento acima da média das demais religiões e com uma sociedade em crescente melhora econômica.
  • O mercado islâmico de consumo é o maior mercado de alimentação global e carece de marcas exclusivas e direcionadas.

Aspectos Sociodemográficos, Ambientais e Culturais

  • Recentes protestos contra o abate e produtos com certificação Halal podem aumentar.
  • Aumento das exportações de animais vivos tem gerado críticas de ativistas e da sociedade.
  • Criar produtos apelativos ao mercado islâmico é desafiador, dado sua complexidade.
  • Saída das mulheres muçulmanas ao mercado de trabalho irá aumentar consumo fora de casa e a dinâmica econômica.

Aspectos Tecnológicos

  • Crescente uso de tecnologia na agropecuária irá aumentar a produtividade nacional no segmento e reduzir custos de produção.
  • Centros de pesquisas de alimentos Halal estão começando a nascer no mundo.

Notícias apontam que o setor passa por transformações, com o nascimento de novas marcas e início de um awareness sobre o segmento

Notícias apontam que o setor Halal passa por transformações
Notícias apontam que o setor Halal passa por transformações

Insights e Conclusões

  • Parcerias estratégias entre empresas brasileiras para concorrerem no mercado de alimentação Halal pode ser interessante.
  • A criação de um bureau de Inteligência para o mapeamento desses 57 países é desejável, em uma possível parceria entre empresas e lançamento de uma marca islâmica global.
  • O Brasil possui excelente infraestrutura para ser tanto produtor agropecuário, quanto de produtos beneficiados para exportação para países da OIC.
  • A fim de contornar impostos e barreiras comerciais, pode ser interessante fazer o beneficiamento dos produtos em países da OIC, também gerando maior apelo pelos produtos manufaturados, por gerar empregos locais. O mais desejável é que seja criada uma Zona Franca com o objetivo de competir neste mercado.
  • É interessante para o Brasil que na produção animal o abatimento Halal seja feito no país, sendo assim necessário esforços para reduzir a exportação dos animais vivos.
  • A padronização dos procedimentos para certificação Halal deverá tornar a certificação menos onerosa e mais simples ao empresariado, contanto que não haja uma concentração de certificadoras, o que poderá gerar um monopólio e prejudicar a queda nos custos.
  • O lançamento de uma marca islâmica global de origem brasileira pode garantir aos empresários brasileiros excelentes resultados em um mercado que cresce acima dos demais e que está se transformando na forma de consumir.
  • A criação de um bureau avançado para entendimento do mercado e promoção de produtos brasileiros nos países da OIC é extremamente estratégico para o desenvolvimento do setor pelos empresários brasileiros.
  • Dada a evolução do setor e importância para os interesses públicos e privados, haverá uma movimentação conjunta a fim de conseguir concorrer com os movimentos internacionais que vêm acontecendo para conquistar maiores fatias do mercado Halal.
  • Isso resultará em novas fusões e aquisições, além de novas parcerias entre empresas dos setores de agronegócio e alimentação.

Fonte: Thomson Reuters, Pew Research, Valor Econômico, Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, AviSite, Technavio e Grand View Research

Sobre A Redação

A Equipe de Redação do Iqara Islam é multidisciplinar e composta por profissionais da área de Marketing, Ilustração/Design, História, Administração, Gestão de Recursos Humanos, Tradutores Especializados (Árabe e Inglês) e especialistas na Religião Islâmica. Atualmente a equipe é composta por 10 profissionais.