Página Inicial » Sharia e Fatwas » A “Jihad” serve para impor um sistema político?

A “Jihad” serve para impor um sistema político?

Em nome de Allah, o Clemente, o Misericordioso

Extremistas muçulmanos e anti-muçulmanos alegam que o Islam ordena que os muçulmanos façam guerra contra não-muçulmanos até que o “sistema político” do Islam seja imposto à toda a humanidade. Essa interpretação política explícita do Islam é uma leitura erroneamente perigosa do Alcorão e de seus ensinamentos.

Não se pode encontrar nenhuma evidência no Alcorão para tal afirmação, exceto nas leituras de alguns versículos-chave. Entre eles está o verso em que Allah afirma que a religião do Islam prevalecerá sobre outras religiões.

Allah disse:

يُرِيدُونَ أَن يُطْفِئُوا نُورَ اللَّهِ بِأَفْوَاهِهِمْ وَيَأْبَى اللَّهُ إِلَّا أَن يُتِمَّ نُورَهُ وَلَوْ كَرِهَ الْكَافِرُونَ هُوَ الَّذِي أَرْسَلَ رَسُولَهُ بِالْهُدَىٰ وَدِينِ الْحَقِّ لِيُظْهِرَهُ عَلَى الدِّينِ كُلِّهِ وَلَوْ كَرِهَ الْمُشْرِكُونَ

Desejam em vão extinguir a Luz de Allah com as suas bocas; porém, Allah nada permitirá, e aperfeiçoará a Sua Luz, ainda que isso desgoste os incrédulos. Ele foi Quem enviou Seu Mensageiro com a Orientação e a verdadeira religião, para fazê-la prevalecer sobre todas as outras, embora isso desgostasse os idólatras. (09:32-33)

O significado do versículo é que a campanha de extermínio liderada pelos pagãos Coraixitas contra o Profeta, ﷺ, e seus companheiros fracassaria e que a religião do Islam se espalharia por todo o mundo com a força de suas evidências, provas racionais e apelo espiritual. Os comentaristas clássicos não derivaram desse versículo a idéia de que o objetivo da guerra no Islam é tomar o poder político. Em vez disso, o objetivo da guerra no Islam sempre foi proteger os muçulmanos de tais campanhas hostis e defender os direitos dos inocentes.

A frase que “eles querem extinguir a luz de Allah com suas bocas” refere-se à intenção dos idólatras de Meca de matar o Profeta e seus companheiros e aniquilar toda a religião do Islam.

Dahhak al Hilali comenta esse versículo, dizendo:

يُرِيدُونَ أَنْ يَهْلِكَ مُحَمَّدٌ وَأَصْحَابُهُ أَنْ لَا يَعْبُدُوا اللَّهَ بِالْإِسْلَامِ فِي الْأَرْضِ

Eles pretendiam destruir Muhammad e seus companheiros para que Allah não fosse adorado com o Islam na terra.

Fonte: Tafsir Ibn Abi Hatim – 09:32

Em resposta a essa agressão, Allah revelou o versículo prometendo aos crentes que seus esforços para praticar e espalhar a religião seriam bem-sucedidos em virtude de argumentos lógicos, evidências e atratividade do modo de vida único do Islam. O acesso à religião do Islam avançaria a tal ponto que nada sobre o Islam seria escondido da humanidade.

Ibn Abbas comenta esse versículo, dizendo: 

لِيُظْهِرَ اللَّهُ نَبِيَّهُ عَلَى أَمْرِ الدِّينِ كُلِّهِ فَيُعْطِيَهُ إِيَّاهُ كُلَّهُ وَلَا يَخْفَى عَلَيْهِ مِنْهُ شَيْءٌ

Recomendado para você:  Devemos estudar os hadîth de al-Bukhâri e Muslim por conta própria? - Sh. Nûh Hâ Mîm Keller

É para Allah fazer com que Seu Profeta se manifeste inteiramente na questão da religião, e isso foi concedido a ele inteiramente, pois não há nada dela em oculto.

Fonte: Tafsir al-Tabari – 09:33

Al Qurtubi comenta esse versículo, dizendo:

لِيُظْهِرَهُ عَلَى الدِّينِ كُلِّهِ أَيْ بِالْحُجَّةِ وَالْبَرَاهِينِ وَقَدْ أَظْهَرَهُ عَلَى شَرَائِعِ الدِّينِ حَتَّى لَا يَخْفَى عَلَيْهِ شَيْءٌ مِنْهَا

Torná-lo manifesto sobre toda religião, ou seja, com argumentos e provas. Ele já a manifestou sobre os caminhos da religião, de modo que nada lhe oculta.

Fonte: Al Jami li Ahkam al Qur’an – 09:33

Al Qurtubi também menciona que alguns dos primeiros muçulmanos interpretaram o versículo como específico da época do Profeta:

وَقِيلَ أَرَادَ لِيُظْهِرَهُ عَلَى الدِّينِ كُلِّهِ فِي جَزِيرَةِ الْعَرَبِ وَقَدْ فَعَلَ

Dizem que o Islam se manifestar sobre toda religião se refere à Península Arábica, e foi isso que aconteceu.

Fonte: Al Jami li Ahkam al Qur’an – 09:33

O método de pregar apelando à razão e à verdade espiritual é da mesma maneira que Allah fez com que os discípulos de Jesus, عليه السلام, prevalecessem sobre seus inimigos.

Allah disse:

قَالَ الْحَوَارِيُّونَ نَحْنُ أَنصَارُ اللَّهِ ۖ فَآمَنَت طَّائِفَةٌ مِّن بَنِي إِسْرَائِيلَ وَكَفَرَت طَّائِفَةٌ ۖ فَأَيَّدْنَا الَّذِينَ آمَنُوا عَلَىٰ عَدُوِّهِمْ فَأَصْبَحُوا ظَاهِرِينَ

Os discípulos disseram: Nós somos os apoiadores de Allah. Assim, uma facção dos filhos de Israel acreditava e uma facção não acreditava, e apoiamos aqueles que acreditavam em seus inimigos até que eles prevalecessem. (61:14)

Al Qurtubi comenta esse versículo, dizendo:

وَقَالَ زَيْدُ بْنُ عَلِيٍّ وَقَتَادَةُ ظَاهِرِينَ غَالِبِينَ بِالْحُجَّةِ وَالْبُرْهَانِ

Zaid ibn Ali e Qatadah disseram que os meios predominantes os superaram com argumentos e provas.

Fonte: Al Jami li Ahkam al Qur’an – 61:14

Assim como os discípulos de Jesus prevaleceram por seus argumentos fundamentados, os muçulmanos também prometeram que eles também prevaleceriam se seguissem o mesmo caminho.

Além disso, o versículo não significa que o Islam exterminará ou aniquilará as outras religiões, pois o Profeta e seus companheiros haviam estabelecido claramente proteções civis para não-muçulmanos e minorias religiosas.

Al Qurtubi comenta esse versículo, dizendo:

وَلَيْسَ الْمُرَادُ بِالظُّهُورِ أَلَّا يَبْقَى دِينٌ آخَرُ مِنَ الْأَدْيَانِ بَلِ الْمُرَادُ يَكُونُ أَهْلُ الْإِسْلَامِ عَالِينَ غَالِبِينَ

O significado de manifesto não é que nenhuma das outras religiões permaneça. Pelo contrário, o significado é que o Islam será o mais alto e prevalecerá sobre eles.

Recomendado para você:  O Islã permite estupro?

Fonte: al Jami li Ahkam al Qur’an – 61:09

Regras de guerra foram legisladas no Islam, uma vez que conflitos violentos são uma parte inevitável da condição humana. O principal objetivo da jihad armada no Islam, executado sob uma estrita teoria da guerra justa, é tornar seguro para os muçulmanos praticar o Islam e pôr fim à perseguição religiosa.

Abu Musa relatou: Um homem perguntou ao Profeta: “Um homem pode lutar por ser corajoso, e outro pode lutar por zelo, e outro pode lutar para se exibir. Qual destes está lutando na causa de Allah?” O Mensageiro de Allah, ﷺ, disse:

مَنْ قَاتَلَ لِتَكُونَ كَلِمَةُ اللَّهِ هِيَ الْعُلْيَا فَهُوَ فِي سَبِيلِ اللَّهِ

Quem luta para tornar a palavra de Allah mais alta está lutando pela causa de Allah.

Fonte: Sahih al Bukhari – 123

Tornar a palavra de Allah mais alta, significa promover o convite pacífico ao Islam para toda a humanidade diante de violenta oposição.

Ibn Hajar Al-Asqalani comenta essa narração, dizendo:

الْمُرَادُ بِكَلِمَةِ اللَّهِ دَعْوَةُ اللَّهِ إِلَى الْإِسْلَامِ وَيَحْتَمِلُ أَنْ يَكُونَ الْمُرَادُ أَنَّهُ (الجهاد) لَا يَكُونُ فِي سَبِيلِ اللَّهِ إِلَّا مَنْ كَانَ سَبَبُ قِتَالِهِ طَلَبَ إِعْلَاءِ كَلِمَةِ اللَّهِ فَقَطْ بِمَعْنَى أَنَّهُ لَوْ أَضَافَ إِلَى ذَلِكَ سَبَبًا مِنَ الْأَسْبَابِ الْمَذْكُورَةِ أَخَلَّ بِذَلِكَ

O significado de ‘palavra de Allah’ é o convite ao Islam. É interpretado como significando que a jihad não estaria na causa de Allah, a menos que o objetivo seja apenas elevar a palavra de Allah, de modo que, se alguém adicionasse outra razão a ela, isso a violaria.

Fonte: Fath al Bari – 06/28

Nesse sentido, a jihad armada é apenas um meio para esse fim de segurança. Não é um fim em si mesmo.

Ibn Hajar Al Haytami escreve:

وَإِنْ جَزَمَ الزَّرْكَشِيُّ بِأَنَّ وُجُوبَهُ (الجهاد) وُجُوبُ الْوَسَائِلِ لَا الْمَقَاصِدِ إذْ الْمَقْصُودُ مِنْهُ الْهِدَايَةُ وَمِنْ ثَمَّ لَوْ أُمْكِنَتْ بِإِقَامَةِ الدَّلِيلِ كَانَتْ أَوْلَى مِنْهُ

Zamakshari afirmou que a obrigação do jihad é um meio necessário, mas não um fim em si mesmo, pois o objetivo é pregar orientação. Portanto, se fosse possível fornecer orientação de outra forma, isso seria mais apropriado.

Fonte: Tuhfat al Muhtaj – 09/211

Na realidade, os companheiros do Profeta entenderam isso melhor do que qualquer outra pessoa, mesmo quando participavam das primeiras guerras para libertar o Egito e a Pérsia de seus governantes opressivos. Muitos deles se recusaram a participar dos conflitos que surgiram muito mais tarde devido à sua natureza explicitamente política.

Recomendado para você:  Tabaruk - Buscar bençãos através de Relíquias

Said ibn Jubair relatou: Um homem se aproximou de Ibn Omar e disse: “Ó Abu Abdul Rahman, conte-nos sobre as lutas em tempos de perseguição, como Allah disse: E lute até que não haja mais perseguição.” (02:193) Ibn Omar disse:

هَلْ تَدْرِي مَا الْفِتْنَةُ ثَكِلَتْكَ أُمُّكَ إِنَّمَا كَانَ مُحَمَّدٌ صَلَّى اللَّهُ عَلَيْهِ وَسَلَّمَ يُقَاتِلُ الْمُشْرِكِينَ وَكَانَ الدُّخُولُ فِي دِينِهِمْ فِتْنَةً وَلَيْسَ كَقِتَالِكُمْ عَلَى الْمُلْكِ

Sabe o que é perseguição? É que sua mãe fique de luto por você! Muhammad, , só lutou contra os idólatras, pois houve perseguição por praticar sua religião. Não era como vocês que lutam por poder.

Fonte: Sahih al Bukhari – 6682

Ibn Omar rejeitou a guerra “por uma questão de governar”, o mesmo tipo de guerra justificada hoje por grupos extremistas muçulmanos, e ele refutou a organização de versos do Alcorão em apoio a uma campanha ideológica.

O verdadeiro objetivo do Islam e a missão do Profeta é promover a humanidade em direção ao progresso moral e religioso.

Abu Huraira relatou: O Mensageiro de Allah, ﷺ, disse:

إِنَّمَا بُعِثْتُ لِأُتَمِّمَ صَالِحَ الْأَخْلَاقِ

Em verdade, fui enviado para aperfeiçoar o bom caráter.

Fonte: Musnad Aḥmad 8729

Em outra narração, o Profeta disse:

إِنَّ اللَّهَ بَعَثَنِي بِتَمَامِ مكارمِ الأَخْلاقِ وَكَمَالِ مَحَاسِنِ الأَفْعَالِ

Na verdade, Allah me enviou para aperfeiçoar as boas maneiras e boas obras.

Fonte: Al Mu’jam al Awsat – 7073

Um autêntico movimento islâmico surge de sentimentos de benevolência e boa vontade para toda a humanidade. Não deseja terra, poder ou riquezas. Mas sim, a integridade ética e moral da comunidade muçulmana é a verdadeira medida de nossa força, não as condições políticas efêmeras desta vida mundana.

Em suma, os muçulmanos só podem travar guerras se for necessário repelir a agressão, acabar com a perseguição religiosa e defender os direitos de pessoas inocentes. Os muçulmanos não podem lutar por objetivos puramente políticos. A interpretação hiper-política do Islam é uma ameaça não apenas à imagem do Islam no mundo, mas também às comunidades muçulmanas inocentes sendo atacadas em seu nome. A solução é remeter à sabedoria do Profeta e de seus companheiros, examinar seus propósitos e objetivos e incorporar completamente os ensinamentos morais e espirituais do Islam que devem guiar qualquer ação política que tenhamos que tomar.

O sucesso vem de Allah, e Allah sabe melhor.

Fonte: https://abuaminaelias.com/jihad-to-impose-a-political-system/?fbclid=IwAR0VkqP2J1zdVrvs7CGXuKwXIG4MUk6PkvYtUmTAnh-zcoZd5Nh6XHqoFlY

Sobre A Redação

A Equipe de Redação do Iqara Islam é multidisciplinar e composta por profissionais da área de Marketing, Ilustração/Design, História, Administração, Gestão de Recursos Humanos, Tradutores Especializados (Árabe e Inglês) e especialistas na Religião Islâmica. Atualmente a equipe é composta por 10 profissionais.