Página Inicial » Praticando o Islam » Por que Muçulmanos dizem In sha Allah?

Por que Muçulmanos dizem In sha Allah?

Muitas pessoas conhecem a expressão “in sha Allah”, mas nem todos sabem que o Alcorão descreve um significado muito especial para esta frase.
  • A frase “in sha Allah” é de origem árabe e é usada para invocar as bênçãos de Deus sobre eventos futuros.
  • O Alcorão Sagrado orienta os muçulmanos a proferirem esta frase quando eles falarem sobre algo que ainda pode acontecer.
  • Cristãos e judeus que vivem em países árabes do Oriente Médio também dizem “in sha Allah”.
  • Durante a idade média, os latino-europeus adaptaram a expressão e usaram-na inclusive em traduções da Bíblia.

Muitas pessoas devem conhecer a expressão in sha Allah, que é dita pela maior parte dos muçulmanos. Esta frase, embora esteja associada aos adeptos do Islam, é falada também por seguidores de outras religiões abraâmicas, acreditam em um Deus único, como os judeus e os cristãos que vivem em países árabes.

No Brasil, esta expressão ficou bastante popular no ano de 2001, durante a exibição da novela “O Clone”, da Rede Globo, que era ambientada no Marrocos. Além disso, outras obras artísticas como músicas e livros também usaram bastante esta frase, tornando-a conhecida no Ocidente.

Significado de In sha Allah

“In sha Allah” é uma expressão em árabe cujo significado é “se Deus quiser”, e é utilizada com frequência para invocar bençãos, para expressar um desejo ou até para manifestar uma vontade de maneira mais branda. 

Deus diz no Alcorão Sagrado que os muçulmanos devem cultivar o hábito de dizer “in sha Allah” para que Ele os ajude a se encaminharem da melhor forma.

Esta expressão não é usada somente por muçulmanos. Todas as pessoas que são falantes da língua árabe dizem a frase “in sha Allah” com os mesmos motivos que os adeptos do Islam têm para proferi-la. No Oriente Médio, os cristãos e judeus também pronunciam esta frase quando têm esperança de que alguma coisa boa possa acontecer em suas vidas.

História por trás do uso da expressão

De acordo com um relato de Ibn Kathir, antes da hégira, os coraixitas haviam enviado Nadhar bin Haarith e Uqba bin Abi Mueet até Medina para pedirem aos judeus que descrevessem detalhes sobre o último mensageiro de Deus (o profeta, que os judeus esperavam), a fim de tentar descobrir a verdade sobre Muhammad ﷺ

O judeus disseram que um profeta seria capaz de responder três perguntas. A primeira estava relacionada a alguns jovens que haviam deixado suas casas há muito tempo atrás. A segunda, era a respeito de uma pessoa que viajou bastante entre o leste e o oeste. A última, era sobre a realidade da alma.

O Profeta ﷺ disse que daria a resposta no dia seguinte, no entanto, se esqueceu de dizer “in sha Allah”. Por causa disto, Deus não deu a resposta das questões feita pelos coraixitas, o que fez com que o Profeta Muhammad ﷺ ficasse angustiado.

Após quinze dias, Deus enviou o anjo Gabriel, e revelou a surata da Caverna. Entre os dizeres desta revelação, havia um versículo que falava sobre a importância de dizer “in sha Allah”.

“Jamais digas: Deixai, que farei isto amanhã, a menos que adiciones: Se Allah quiser! Recorda o teu Senhor quando esqueceres, e dize: É possível que meu Senhor me encaminhe para o que está mais próximo da verdade.” (Alcorão 18:23-24)

Variantes Latinas

A convivência entre cristãos latinos e muçulmanos entre os séculos VII e XV teve grande influência nos idiomas de Portugal e da Espanha. Dessa forma, a expressão “in sha Allah” acabou sendo incorporada, de maneira adaptada, ao dialeto da Europa mediterrânea, e foi transformada na palavra “oxalá”.

Este vocábulo se tornou tão comum que até apareceu várias vezes na tradução da Bíblia para o português. Alguns trechos bíblicos que exemplificam o uso da palavra “oxalá” são: 

“Depois disse Abraão a Deus: Oxalá que viva Ismael diante de ti!” (Gênesis 17:18) 

“E o povo contendeu com Moisés, dizendo: Oxalá tivéssemos perecido quando pereceram nossos irmãos perante o Senhor!” (Números 20:3)

“Porque ele é o nosso Deus, e nós povo do seu pasto e ovelhas que ele conduz. Oxalá que hoje ouvísseis a sua voz” (Salmos 95:70)

Já no idioma castelhano, a palavra foi adaptada para “Ojalá”, e também é comumente usada pelos espanhóis. 

Links para Leitura

Sobre a Redação

A Equipe de Redação do Iqara Islam é multidisciplinar e composta por profissionais da área de Marketing, Ilustração/Design, História, Administração, Gestão de Recursos Humanos, Tradutores Especializados (Árabe e Inglês) e especialistas na Religião Islâmica. Atualmente a equipe é composta por 10 profissionais.