Página Inicial » Sharia e Fatwas » A Etiqueta das Festividades Islâmicas

A Etiqueta das Festividades Islâmicas

Os dois dias do Eid são as celebrações pela conclusão do jejum do Ramadan (Eid al-Fitr) e pela peregrinação de Hajj (Eid al-Adha). Esses dois dias têm uma certa etiqueta e tradições que devemos seguir para tirar o máximo proveito deles.

Recomenda-se usar nossas melhores roupas para assistir à oração do Eid.

Ibn Abbas relatou:

كَانَ رَسُولُ اللَّهِ صَلَّى اللَّهُ عَلَيْهِ وَسَلَّمَ يَلْبَسُ يَوْمَ الْعِيدِ بُرْدَةً حَمْرَاءَ

O Mensageiro de Allah, , usaria uma capa de listras vermelhas no dia do Eid.

Fonte: Al Mu’jam al Awsat – 7808

Nafi relatou:

أَنَّ ابْنَ عُمَرَ كَانَ يَلْبَسُ فِي الْعِيدَيْنِ أَحْسَنَ ثِيَابِهِ

Abdullah ibn Omar usaria suas melhores roupas nos dias dos dois Eid.

Fonte: Al Sunan al Kubra – 5667

Al Nawawi comentou essas narrações, escrevendo:

وَاتَّفَقَ الْأَصْحَابُ مَعَ الشَّافِعِيِّ عَلَى اسْتِحْبَابِ لُبْسِ أَحْسَنِ الثِّيَابِ فِي الْعِيدِ

Os estudiosos concordaram com Al Shafi que é recomendável usar as melhores roupas no dia do Eid.

Fonte: Al Majmu Sharh al Muhadhdhab – 5/12

Recomenda-se realizar um banho ritual (ghusl) antes de ir para a oração do Eid.

Nafi relatou:

أَنَّ عَبْدَ اللَّهِ بْنَ عُمَرَ كَانَ يَغْتَسِلُ يَوْمَ الْفِطْرِ قَبْلَ أَنْ يَغْدُوَ إِلَى الْمُصَلَّى

Abdullah ibn Omar costumava realizar um banho ritual no dia de quebrar o jejum antes de partir para a oração.

Fonte: Al Muwatta – 428

Al Nawawi comentou essas narrações, escrevendo:

وَاتَّفَقَتْ نُصُوصُ الشَّافِعِيِّ وَالْأَصْحَابِ عَلَى اسْتِحْبَابِ غُسْلِ الْعِيدِ لِمَنْ يَحْضُرُ الصَّلَاةَ وَلِمَنْ لَا يَحْضُرُهَا

As narrações de Al Shafi e seus companheiros, concordam com a recomendação de realizar um banho ritual no dia do Eid para os presentes na oração e para os que não comparecem.

Fonte: Al Majmu Sharh al Muhadhdhab – 05/11

Recomenda-se comer alguma coisa, especificamente um número ímpar de tâmaras, antes de ir para a oração no Eid al-Fitr. É proibido jejuar no Eid al-Fitr e comer algumas tâmaras confirma essa prática.

Anas ibn Malik relatou:

كَانَ رَسُولُ اللَّهِ صَلَّى اللَّهُ عَلَيْهِ وَسَلَّمَ لَا يَغْدُو يَوْمَ الْفِطْرِ حَتَّى يَأْكُلَ تَمَرَات

O Mensageiro de Allah, , não continuaria o dia de Eid al-Fitr até que ele comesse algumas tâmaras.

Fonte: Sahih al Bukhari – 910

No entanto, no Eid Al-Adha, recomenda-se esperar até depois da oração para comer do animal que é sacrificado.

Ibn al-Qayyim escreve:

وَأَمَّا فِي عِيدِ الْأَضْحَى فَكَانَ لَا يَطْعَمُ حَتَّى يَرْجِعَ مِنَ الْمُصَلَّى فَيَأْكُلُ مِنْ ُضُْضْحِيت

Quanto ao dia de Eid al-Adha, o Profeta não comeria até que voltasse do local de oração. Então, ele comeria do animal que ele matou como seu sacrifício.

Fonte: Zad al Ma’ad – 01/426

Recomenda-se declarar a grandeza de Allah (takbir) quando alguém sai de casa para realizar a oração até que o imam chegue.

Allah disse:

يُرِيدُ اللَّهُ بِكُمُ الْيُسْرَ وَلَا يُرِيدُ بِكُمُ الْعُسْرَ وَلِتُكْمِلُوا الْعِدَّةَ وَلِتُكَبِّرُوا اللَّهَ عَلَىٰ مَا هَدَاكُمْ وَلَعَلَّكُمْ تَشْكُرُونَ

Allah vos deseja a comodidade e não a dificuldade, mas cumpri o número (de dias), e glorificai a Allah por ter-vos orientado, a fim de que (Lhe) agradeceis. (02:185)

Nafi relatou:

أن ابن عمر رضي الله عنه كان يغدو إلى العيد من المسجد وكان يرفع صوته بالتكبير حتى يأتي المصلى ويكبر حتى يأتي الإمام

Abdullah ibn Omar, رضي الله عنه, partiria para a oração do Eid na mesquita e ele levantaria a voz, declarando a grandeza de Allah até que ele chegasse ao local da oração. E continuaria a exaltar Allah até a chegada do imam.

Fonte: Al Sunan al Kubra – 5652

A fórmula tradicional pela qual Allah é exaltado é a seguinte:

اللَّهُ أَكْبَرُ اللَّهُ أَكْبَرُ لَا إِلَهَ إِلَّا اللَّهُ وَاللَّهُ أَكْبَرُ اللَّهُ ََكْبَرُ وَلِلَّهِ الْحَمْد

Allahu Akbar, Allahu Akbar, La Ilaha Illa Allah, Wa Allahu Akbar, Allahu Akbar, Wa Lillahil Hamd.

Allah é o maior, Allah é o maior, não há divindade senão Allah, Allah é o maior, Allah é o maior, e a Allah são todos os louvores.

A oração do Eid é uma oração voluntária, mesmo sendo altamente recomendada, portanto não deve haver um anúncio (adhan) para a oração.

Jabir ibn Samurah relatou:

صَلَّيْتُ مَعَ رَسُولِ اللَّهِ صَلَّى اللَّهُ عَلَيْهِ وَسَلَّمَ الْعِيدَيْنِ غَيْرَ مَرَّةٍ وَلَا مَرَّتَيْنِ بِغَيْرِ أَذَانٍ وَلَا إِقَامَةٍ

Recomendado para você:  Qual é a regra para um muçulmano entrar numa Ordem Sufi?

Realizei as orações do Eid com o Mensageiro de Allah, ﷺ, várias vezes sem anunciar os dois chamados à oração.

Fonte: Sahih – Muslim 887

Al Tirmidhi comentou essa narração, escrevendo:

وَالْعَمَلُ عَلَيْهِ عِنْدَ أَهْلِ الْعِلْمِ مِنْ أَصْحَابِ النَّبِيِّ صَلَّى اللَّهُ عَلَيْهِ وَسَلَّمَ وَغَيْرِهِمْ أَنَّهُ لَا يُؤَذَّنُ لِصَلَاةِ الْعِيدَيْنِ وَلَا لِشَيْءٍ مِنْ النَّوَافِلِ

Essa tradição é adotada pelos estudiosos entre os companheiros do Profeta e outros que não há anúncio para as orações do Eid, nem para qualquer outra oração voluntária.

Fonte: Sunan al Tirmidhi – 532

É recomendado que homens, mulheres e crianças participem da oração do Eid, mesmo as mulheres menstruadas. Todos os muçulmanos devem assistir à oração, a menos que tenham uma boa desculpa.

Umm ‘Atiyyah relatou:

كُنَّا نُؤْمَرُ أَنْ نَخْرُجَ يَوْمَ الْعِيدِ حَتَّى نُخْرِجَ الْبِكْرَ مِنْ خِدْرِهَا حَتَّى نُخْرِجَ الْحُيَّضَ فَيَكُنَّ خَلْفَ النَّاسِ فَيُكَبِّرْنَ بِتَكْبِيرِهِمْ وَيَدْعُونَ بِدُعَائِهِمْ يَرْجُونَ بَرَكَةَ ذَلِكَ الْيَوْمِ وَطُهْرَتَهُ

Fomos recomendados a sair no dia do Eid, até as meninas e mulheres menstruadas de suas casas. Estaríamos atrás dos homens e declararíamos a grandeza de Allah junto com eles, e suplicaríamos a Allah junto com eles, esperando as bênçãos daquele dia e sua purificação do pecado.

Fonte: Sahih al Bukhari – 928

A oração do Eid é realizada ligeiramente diferente das orações regulares, com sete takbir no primeiro ciclo e cinco takbir no segundo ciclo.

‘Amir ibn ‘Awf relatou:

أَنَّ النَّبِيَّ صَلَّى اللَّهُ عَلَيْهِ وَسَلَّمَ كَبَّرَ فِي الْعِيدَيْنِ فِي الْأُولَى سَبْعًا قَبْلَ الْقِرَاءَةِ وَفِي الْآخِرَةِ خَمْسًا قَبْلَ الْقِرَاءَةِ

O Profeta, ﷺ, declararia a grandeza de Allah durante a oração do Eid sete vezes antes da recitação no primeiro ciclo e cinco vezes antes da recitação no segundo ciclo.

Fonte: Sunan al Tirmidhi – 536

Recomenda-se ao Imam recitar na oração Surat Qaf e al-Qamar, ou Surat al ‘Ala e al Ghashiyah.

Abu Waqid al-Laythi relatou:

كَانَ رَسُولُ اللَّهِ صَلَّى اللَّهُ عَلَيْهِ وَسَلَّمَ يَقْرَأُ فِي الْأَضْحَى وَالْفِطْرِ ق وَالْقُرْآنِ الْمَجِيدِ وَاقْتَرَبَتْ السَّاعَةُ وَانْشَقَّ الْقَمَرُ

O Mensageiro de Allah, ﷺ, recitaria nas orações do Eid: “Qaf, pelo majestoso Alcorão ” (50:01) e “A hora se aproxima e a lua se fende em pedaços” (54:01)

Fonte: Sahih Muslim – 891

Al Num’an ibn Bashir informou:

كَانَ رَسُولُ اللَّهِ صَلَّى اللَّهُ عَلَيْهِ وَسَلَّمَ يَقْرَأُ فِي الْعِيدَيْنِ وَفِي الْجُمُعَةِ بِسَبِّحِ اسْمَ رَبِّكَ الْأَعْلَى وَهَلْ أَتَاكَ حَدِيثُ الْغَاشِيَةِ قَالَ وَإِذَا اجْتَمَعَ الْعِيدُ وَالْجُمُعَةُ فِي يَوْمٍ وَاحِدٍ يَقْرَأُ بِهِمَا أَيْضًا فِي الصَّلَاتَيْنِ

O Mensageiro de Allah, , recitaria nas duas orações do Eid e na oração de sexta-feira os capítulos: “Glorifique o nome de seu Senhor, o Altíssimo” (87:01) e: “Chegou para você a notícia da esmagadora?”(88:01). Se as orações do Eid e da sexta-feira ocorrerem no mesmo dia, ele as recitaria nas duas orações.

Fonte: Sahih Muslim – 878

Após a oração, o Imam fará um sermão em que ele aconselhará e incentivará as pessoas a dar caridade e recordarem à Allah.

Ibn Abbas relatou:

شَهِدْتُ الْفِطْرَ مَعَ النَّبِيِّ صَلَّى اللَّهُ عَلَيْهِ وَسَلَّمَ وَأَبِي بَكْرٍ وَعُمَرَ وَعُثْمَانَ رَضِيَ اللَّهُ عَنْهُمْ يُصَلُّونَهَا قَبْلَ الْخُطْبَةِ ثُمَّ يُخْطَبُ

Testemunhei a oração no dia de Eid al-Fitr com o Mensageiro de Allah, , e Abu Bakr, Omar e Othman, رضي الله عنهم. Eles realizaram a oração, e então após isso, eles fariam o sermão.

Fonte: Sahih al Bukhari – 936

Al Nawawi comentou essa narração, escrevendo:

فِيهِ دَلِيلٌ لِمَذْهَبِ الْعُلَمَاءِ كَافَّةً أَنَّ خُطْبَةَ الْعِيدِ بَعْدَ الصَّلَاةِ

Nisto há evidência para o caminho da maioria dos estudiosos, de que o sermão do Eid é após a oração.

Sharh al Nawawi ‘ala Sahih Muslim – 884

Abu Said al Khudri relatou: O Mensageiro de Allah, ﷺ, sairia nos dias de Eid e lideraria a oração. Quando o Profeta terminava a oração e invocava a paz, ele se levantava e se voltava para as pessoas enquanto elas estavam sentadas em seus locais de oração. Se ele precisasse despachar uma expedição, ele a mencionaria ao povo. Se ele tivesse outra necessidade, ele os ordenaria a respeito. O Profeta diria três vezes:

تَصَدَّقُوا

Dê em caridade.

Abu Said al Khudri acrescentou:

وَكَانَ أَكْثَرَ مَنْ يَتَصَدَّقُ النِّسَاءُ ثُمَّ يَنْصَرِفُ

Recomendado para você:  A utilização de amuletos (ta´wiz) de acordo com a Sunnah

As mulheres dariam muito mais que os outros, então o Profeta retornaria.

Fonte: Sahih Muslim – 889

É voluntário, mas altamente recomendado para participar do sermão. Se a oração do Eid ocorrer na sexta-feira, não será necessário que os participantes dela também participem do sermão da sexta-feira.

Ibn al-Qayyim escreve:

وَرَخَّصَ صَلَّى اللَّهُ عَلَيْهِ وَسَلَّمَ لِمَنْ شَهِدَ الْعِيدَ أَنْ يَجْلِسَ لِلْخُطْبَةِ وَأَنْ يَذْهَبَ وَرَخَّصَ لَهُمْ إِذَا وَقَعَ الْعِيدُ يَوْمَ الْجُمُعَةِ أَنْ يَجْتَزِئُوا بِصَلَاةِ الْعِيدِ عَنْ حُضُورِ الْجُمُعَةِ

O Profeta fez uma concessão àqueles que assistiram à oração do Eid para ouvir o sermão ou partir. Ele também fez uma concessão para não comparecer à oração de sexta-feira se a oração do Eid cair em uma sexta-feira e eles comparecerem à oração do Eid.

Fonte: Zad al Ma’ad – 01/432

Recomenda-se felicitar um ao outro nos dias do Eid e suplicar a Allah que aceite nossas boas ações durante o Ramadan e a temporada de Hajj.

Muhammad ibn Ziyad relatou:

كُنْت مَعَ أَبِي أُمَامَةَ الْبَاهِلِيِّ وَغَيْرِهِ مِنْ أَصْحَابِ النَّبِيِّ صَلَّى اللَّهُ عَلَيْهِ وَسَلَّمَ فَكَانُوا إذَا رَجَعُوا مِنْ الْعِيدِ يَقُولُ بَعْضُهُمْ لَبَعْضٍ تَقَبَّلَ اللَّهُ مِنَّا وَمِنْك

Eu estava com Abu Umamah al Bahili e outros entre os companheiros do Profeta, , e quando eles voltassem da oração do Eid, diriam um ao outro: Que Allah aceite boas ações de nós e de você.

Imam Ahmad, رحمة الله عليه, disse:

وَلَا بَأْسَ أَنْ يَقُولَ الرَّجُل لِلرَّجُلِ يَوْمَ الْعِيدِ تَقَبَّلَ اللَّهُ مِنَّا وَمِنْك

Não há nada errado se um homem disser a outro homem no dia da celebração do Eid: Que Allah aceite boas ações de nós e de você.

Fonte: Al Mughni – 02/129

Recomenda-se voltar para casa das orações do Eid seguindo um caminho diferente. É para termos uma maior oportunidade de parabenizar e suplicar um ao outro.

Jabir ibn Abdullah relatou:

كَانَ النَّبِيُّ صَلَّى اللَّهُ عَلَيْهِ وَسَلَّمَ إِذَا كَانَ يَوْمُ عِيدٍ خَالَفَ الطَّرِيقَ

O Profeta, , retornaria no dia do Eid usando uma rota diferente da qual ele veio.

Fonte: Sahih al Bukhari – 943

I

bn al-Qayyim comentou essa narração, escrevendo:

فَقِيلَ لِيُسَلِّمَ عَلَى أَهْلِ الطَّرِيقَيْنِ وَقِيلَ لِيَنَالَ بَرَكَتَهُ الْفَرِيقَانِ وَقِيلَ لِيَقْضِيَ حَاجَةَ مَنْ لَهُ حَاجَةٌ مِنْهُمَا وَقِيلَ لِيُظْهِرَ شَعَائِرَ الْإِسْلَامِ فِي سَائِرِ الْفِجَاجِ وَالطُّرُقِ وَقِيلَ لِيَغِيظَ الْمُنَافِقِينَ بِرُؤْيَتِهِمْ عِزَّةَ الْإِسْلَامِ وَأَهْلَهُ وَقِيَامَ شَعَائِرِهِ وَقِيلَ لِتَكْثُرَ شَهَادَةُ الْبِقَاعِ فَإِنَّ الذَّاهِبَ إِلَى الْمَسْجِدِ وَالْمُصَلَّى إِحْدَى خُطْوَتَيْهِ تَرْفَعُ دَرَجَةً وَالْأُخْرَى تَحُطُّ خَطِيئَةً حَتَّى يَرْجِعَ إِلَى مَنْزِلِهِ وَقِيلَ وَهُوَ الْأَصَحُّ إِنَّهُ لِذَلِكَ كُلِّهِ وَلِغَيْرِهِ مِنَ الْحِكَمِ الَّتِي لَا يَخْلُو فِعْلُهُ عَنْهَا

Dizem que a razão pela qual ele fez isso foi cumprimentar as pessoas com “A paz” aos que viviam nos dois caminhos, ou para que as bênçãos de sua passagem chegassem a ambas as áreas ou para atender às necessidades daqueles entre elas. Dizem que ele fez isso para estabelecer os símbolos do Islam nas várias estradas e caminhos. Outra razão apresentada é que ele fez isso para frustrar os hipócritas quando testemunharam o poder do Islam e de seu povo. Dizem que ele fez isso para que as várias áreas testemunhassem sua obediência a Allah. Certamente, quem anda à mesquita e ao local de oração ganhará essa virtude: um passo o eleva a um grau e o outro apaga um pecado até que ele volte para casa. Também é dito, e esta é a opinião correta, que todas as razões mencionadas aqui são possíveis, bem como outra sabedoria desconhecida que sempre acompanhou suas ações.

Fonte: Zad al Ma’ad – 01/432

Finalmente, é permitido brincar, cantar e se divertir nos dias do Eid com moderação e dentro dos limites do Islam.

Aysha relatou: O Mensageiro de Allah, ﷺ, veio à minha casa quando duas meninas estavam ao meu lado cantando canções de Bu’ath. O Profeta se deitou e virou o rosto para o outro lado. Então, Abu Bakr veio e falou comigo severamente, dizendo: “Instrumentos musicais do Shaytan perto do Profeta?” O Profeta virou o rosto para ele e ele disse:

دَعْهُمَا

Deixe-as em paz.

Quando Abu Bakr ficou desatento, sinalizei para as meninas e elas foram embora. Era o dia de Eid e os abissínios brincavam com escudos e lanças. Eu perguntei ao Profeta, ou ele me perguntou se eu gostaria de assistir. Eu disse sim. Então o Profeta me fez ficar atrás dele enquanto minha bochecha tocava sua bochecha e o Profeta dizia à eles:

Recomendado para você:  A Obrigação de seguir a opinião Majoritária (Al-Sawad al-A'zam)

دُونَكُمْ يَا بَنِي أَرْفِدَةَ

Continue, ó tribo de Arfidah.

Fonte: Sahih al Bukhari – 907

Em outra narração, o Profeta disse:

دَعْهُمَا يَا أَبَا بَكْرٍ إِنَّ لِكُلِّ قَوْمٍ عِيدًا وَإِنَّ عِيدَنَا هَذَا الْيَوْمُ

Deixe-as Abu Bakr. Em verdade, para todas as pessoas há uma celebração e este dia é a nossa celebração.

Fonte: Sahih al Bukhari – 3716

Al-Ghazali deduziu dessas narrativas os seguintes pontos, escrevendo:

فهذه الأحاديث كلها في الصحيحين وهو نص صريح في أن الغناء واللعب ليس بحرام وفيها دلالة على أنواع من الرخص الأول اللعب ولا يخفى عادة الحبشة في الرقص واللعب والثاني فعل ذلك في المسجد والثالث قوله صلى الله عليه وسلم دونكم يا بني أرفدة وهذا أمر باللعب والتماس له فكيف يقدر كونه حراما والرابع منعه لأبي بكر وعمر رضي الله عنهما عن الإنكار والتغيير وتعليله بأنه يوم عيد أي هو وقت سرور وهذا من أسباب السرور والخامس وقوفه طويلا في مشاهدة ذلك وسماعه لموافقة عائشة رضي الله عنها وفيه دليل على أن حسن الخلق في تطييب قلوب النساء والصبيان بمشاهدة اللعب أحسن من خشونة الزهد والتقشف في الامتناع والمنع منه والسادس قوله صلى الله عليه وسلم ابتداء لعائشة أتشتهين أن تنظري ولم يكن ذلك عن اضطرار إلى مساعدة الأهل خوفا من غضب أو وحشة فإن الإلتماس إذا سبق ربما كان الرد سبب وحشة وهو محذور فيقدم محذور على محذور فأما ابتداء السؤال فلا حاجة فيه والسابع الرخصة في الغناء والضرب بالدف

Todas essas narrações são relatadas nos dois livros autênticos, Al Bukhari e Muslim, e demonstram que cantar e tocar não é ilegal. Deles, podemos deduzir as seguintes lições. Primeiro, é permitido tocar como os abissínios que tinham o hábito de dançar e brincar. Segundo, é permitido fazer isso na mesquita. Terceiro, o ditado do Profeta à Arfidah era um comando e um pedido para que eles tocassem, então como tocar pode ser considerado ilegal? Quarto, o Profeta impediu Abu Bakr e Omar de interromper e repreender os que tocavam e cantavam, e ele disse a Abu Bakr que este festival era uma ocasião alegre e que cantar era um meio de prazer. Quinto, nas duas ocasiões, ele ficou muito tempo com Aysha, deixando-a assistir ao show dos abissínios e ouvindo com ela as meninas cantando. Isso prova que é melhor ser bem-humorado em agradar mulheres e crianças com entretenimento do que desaprovar essas diversões por um senso de piedade e ascetismo. Sexto, o Profeta encorajou Aysha perguntando se ela gostaria de assistir. Sétimo, é permitido cantar e tocar percursão.

Fonte: Ihya ‘Ulum al Din – 02/278

A permissão para tocar, cantar e divertir-se nos dias do Eid se deve à natureza flexível, branda e moderada do Islam. De fato, o Profeta queria especificamente que os judeus testemunhassem os muçulmanos aproveitando os dias do Eid para que pudessem ver as virtudes da legislação islâmica, pois muitos deles enfrentavam proibições mais severas em sua própria religião.

Aysha relatou: O Mensageiro de Allah, ﷺ, colocou meu queixo no ombro dele para que eu pudesse olhar para os abissínios até me sentir cansada e me afastar deles. O Profeta disse:

لَتَعْلَمُ يَهُودُ أَنَّ فِي دِينِنَا فُسْحَةً إِنِّي أُرْسِلْتُ بِحَنِيفِيَّةٍ سَمْحَةٍ

Isso é para os judeus saberem que há flexibilidade em nossa religião. Em verdade, fui enviado com uma religião branda e honesta.

Fonte: Musnad Ahmad – 24333

Portanto, devemos fazer o possível para seguir as tradições dos dias do Eid. Devemos usar nossas melhores roupas, realizar um banho ritual, exaltar Allah no caminho da oração, assistir ao sermão do Eid, dar caridade, parabenizar, suplicar um pelo outro e desfrutar de nossa celebração dentro dos limites do Islam.

Pedimos a Allah que aceite nossas boas ações e abençoe nossos dias do Eid.

O sucesso vem de Allah, e Allah sabe melhor.

Fonte: https://abuaminaelias.com/manners-etiquette-and-traditions-of-eid/?fbclid=IwAR1lYxGdYQVX24rysSi0f_eai30BRQxfQX_sRR_3i8N_aLzy_3E4_ywuMsk

Sobre A Redação

A Equipe de Redação do Iqara Islam é multidisciplinar e composta por profissionais da área de Marketing, Ilustração/Design, História, Administração, Gestão de Recursos Humanos, Tradutores Especializados (Árabe e Inglês) e especialistas na Religião Islâmica. Atualmente a equipe é composta por 10 profissionais.