Página Inicial » Mundo Islâmico » Empresa Egípcia produz Hijab Esportivo a Preços Acessíveis

Empresa Egípcia produz Hijab Esportivo a Preços Acessíveis

A Spark Perform está desbancando as gigantes Nike e Adidas no mercado egípcio, e isto se deve aos preços e variedade dos produtos.
  • Os primeiros hijabs esportivos apareceram no ano de 2017 através de empresas multinacionais.
  • No entanto, os preços altos fazem com que muitas muçulmanas não consigam ter acesso a esse tipo de produto.
  • Para competir com grandes marcas, uma empresa egípcia lançou um hijab de melhor qualidade e mais barato.

As novas tecnologias no setor de materiais esportivos geram novas demandas de produção. Pela primeira vez, empresas multinacionais do ramo estão desenvolvendo os hijabs esportivos, que são os lenços usados pelas muçulmanas, mas confeccionados em um material mais leve, fresco e adequado para a prática de atividade física intensa.

Os primeiros modelos começaram a aparecer no mercado em 2017, quando a gigante Nike lançou o véu para práticas esportivas. Em seguida, foi a vez da Adidas de disponibilizar o seu modelo do lenço para atletas muçulmanas.

Embora este lançamento seja algo positivo para as muçulmanas, infelizmente os preços ainda estão longe da realidade de muitas pessoas, especialmente aquelas que possuem menor poder aquisitivo. Hoje, o item custa, em média, US$ 35 pela Amazon, o que na cotação atual custaria, aproximadamente, R$ 175,00.

Alternativas acessíveis

No Egito, o poder de compra da população também é um problema para adquirir os hijabs esportivos das empresas multinacionais. O salário mínimo no país é de 2 mil libras egípcias, o que equivale a cerca de US$127. Para importar o produto, ele seria vendido no Egito por cerca de US$ 47 nas lojas, incluindo os impostos e taxas alfandegárias. 

Diante deste cenário, surge uma demanda de mercado que quase não é atendida, pois o produto existe, mas poucos podem adquiri-lo. Pensando em preencher este espaço, em 2018 surgiu a empresa egípcia Spark Perform, que se preocupa em desenvolver produtos para o mercado interno no país. 

De acordo com um levantamento apresentado pela Spark Perform, no Egito há uma população jovem de mulheres, entre 15 e 24 anos, que é ativa e se interessa pela prática de esportes. Este público representa um total de 9 milhões de consumidoras em um país que é majoritariamente muçulmano

O produto fabricado dentro do país reduz muito os preços em relação aos concorrentes estrangeiros. A marca egípcia vende o hijab pelo preço de 250 libras egípcias, o que daria cerca de US$ 15,80.

Tecnologia e produção

Os peças de roupa são feitas com tecnologia alemã
Os peças de roupa são feitas com tecnologia alemã

A comodidade e o preço baixo da marca foram possíveis graças aos esforços de Nancy Salam e a co-fundadora Christine Beez, que é ex-designer de roupas esportivas da Adidas. Elas estabeleceram uma parceria de pesquisa e desenvolvimento com as New Textile Technologies (NTT), da Alemanha, e atualmente a Spark Perform fabrica seus produtos no Egito.

Nancy já tinha experiência na produção de tecidos com a empresa de sua família, a Salamtex. Através do seu conhecimento, ela conseguiu desenvolver um produto com até 30% de elastina. Ao usar a tecnologia com produtos de nylon, ela chegou a uma qualidade superior em relação às marcas globais.

Aliás, a qualidade do produto é a principal aposta da empresa egípcia, que oferece peças que custam, em média, 30% a mais do que suas concorrentes locais. No entanto, este não é o único detalhe pelo qual a marca se destaca: a linha de produtos e estampas disponíveis para as muçulmanas é maior do que a das concorrentes multinacionais, que possuem apenas um estilo e poucas cores. 

Em seu catálogo também estão disponíveis peças como roupas de manga comprida com caimento abaixo da região pélvica; o Hijab Ultimate, um item exclusivo da marca, feito para natação; além de outros itens para o público em geral, como mangas de compressão, bandanas, faixas, calças legging e blusas de manga curta.

Desafios do Marketing

Para uma grande empresa de esportes se consolidar no mercado, é necessário que grandes atletas utilizem a marca. Neste ponto, a disparidade em relação a empresas como Nike e Adidas é gigante, uma vez que as multinacionais polarizam os esportes olímpicos. 

A Spark Perform tenta fechar acordos com mais atletas. No momento, algumas esportistas egípcias chegaram a usar os hijabs da marca em eventos esportivos do Oriente Médio e da África. A empresa havia conseguido que competidores usassem seus produtos nos jogos Olímpicos de verão de 2020, que acabou sendo adiado por causa da pandemia do coronavírus.

A empresa expandiu os negócios neste ano disponibilizando a venda dos produtos no site turco Modanisa, que comercializa para todos os países. Este ano, a Spark Perform irá lançar a linha de banho para muçulmanas durante o Ramadan.

Com informações de Salaam Gateway.

Links para Leitura

Sobre a Redação

A Equipe de Redação do Iqara Islam é multidisciplinar e composta por profissionais da área de Marketing, Ilustração/Design, História, Administração, Gestão de Recursos Humanos, Tradutores Especializados (Árabe e Inglês) e especialistas na Religião Islâmica. Atualmente a equipe é composta por 10 profissionais.