Página Inicial » Sharia e Fatwas » Imagens, fotos e desenhos animados são proibidos no Islam?

Imagens, fotos e desenhos animados são proibidos no Islam?

Pergunta:

É proibido aos muçulmanos usarem imagens e fotos para fins úteis?

Resposta:

Em nome de Allah, o Clemente, o Misericordioso

A criação de imagens (tasweer) é uma questão controversa entre os muçulmanos devido às narrações proféticas que proíbem fortemente imagens associadas à idolatria e que rivalizam com a criação de Allah. No entanto, o Profeta fez uma concessão em relação a imagens e os estudiosos modernos permitiram imagens se elas servissem a um propósito útil.

Todos os estudiosos muçulmanos permitem fotos e imagens de coisas que não têm alma, como árvores, pedras, paisagens e assim por diante. Esta concessão foi concedida por Ibn Abbas quando lhe foi pedido um julgamento sobre imagens.

Said ibn Abu Al Hasan relatou: Um homem veio a Ibn Abbas e disse: “De fato, sou um homem que faz gravuras, portanto me julgue a respeito delas.” Ibn Abbas disse: “Chegue mais perto”. O homem aproximou-se e ele disse novamente: “Chegue mais perto”. O homem chegou perto o suficiente para tocar sua cabeça e Ibn Abbas disse:

أُنَبِّئُكَ بِمَا  سَمِعْتُ مِنْ رَسُولِ اللَّهِ صَلَّى اللَّهُ عَلَيْهِ وَسَلَّمَ سَمِعْتُ رَسُولَ اللَّهِ صَلَّى اللَّهُ عَلَيْهِ وَسَلَّمَ يَقُولُ كُلُّ مُصَوِّرٍ فِي النَّارِ يَجْعَلُ لَهُ بِكُلِّ صُورَةٍ صَوَّرَهَا نَفْسًا فَتُعَذِّبُهُ فِي جَهَنَّمَ

Vou lhe contar o que ouvi do Mensageiro de Allah, ﷺ. Ele disse : Todo criador de imagens estará no Inferno, pois toda imagem terá sua alma soprada e o castigará com o inferno.

Ibn Abbas acrescentou:

وَقَالَ إِنْ كُنْتَ لَا بُدَّ فَاعِلًا فَاصْنَعْ الشَّجَرَ وَمَا لَا نَفْسَ لَهُ

Se você precisar fazê-lo, faça imagens de árvores ou qualquer coisa que não tenha alma.

Fonte: Sahih Muslim – 2110

Segundo algumas opiniões, é totalmente proibido fazer imagens de coisas com uma alma. Essa é a opinião mais estrita e a mais segura para os muçulmanos que desejam evitar imagens ilegais. No entanto, existem fortes evidências que sugerem que não são as imagens em si mesmas que são ilegais, mas é a intenção para a qual elas são usadas.

O Profeta nos informou sobre a razão pela qual Allah puniria os criadores de imagens.

Aisha relatou: O Mensageiro de Allah, ﷺ, disse:

إِنَّ أَصْحَابَ هَذِهِ الصُّوَرِ يُعَذَّبُونَ يَوْمَ الْقِيَامَةِ وَيُقَالُ لَهُمْ أَحْيُوا مَا خَلَقْتُمْ

Na verdade, os companheiros dessas imagens serão punidos no dia da ressurreição. Será dito a eles: Dê vida ao que você criou!

Fonte: Sahih Bukhari – 7118

Abu Huraira relatou: O Profeta, ﷺ, disse:

قَالَ اللَّهُ عَزَّ وَجَلَّ وَمَنْ أَظْلَمُ مِمَّنْ ذَهَبَ يَخْلُقُ كَخَلْقِي فَلْيَخْلُقُوا ذَرَّةً أَوْ لِيَخْلُقُوا حَبَّةً أَوْ شَعِيرَةً

Allah, o Exaltado, disse: Quem é mais injusto do que aquele que considera sua criação como Minha criação? Que ele crie uma formiga, ou um grão de trigo ou apenas.

Fonte: Sahih Bukhari – 7120

Recomendado para você:  A utilização de amuletos (ta´wiz) de acordo com a Sunnah

Portanto, a razão pela qual os criadores de imagens são punidos é porque pretendem rivalizar com a criação de Allah ou usar imagens para adoração de ídolos.

Além disso, é confirmado no Alcorão que a lei dos profetas anteriores não proibia completamente as imagens.

Allah disse:

يَعْمَلُونَ لَهُ مَا يَشَاءُ مِن مَّحَارِيبَ وَتَمَاثِيلَ وَجِفَانٍ كَالْجَوَابِ وَقُدُورٍ رَّاسِيَاتٍ ۚ اعْمَلُوا آلَ دَاوُودَ شُكْرًا ۚ وَقَلِيلٌ مِّنْ عِبَادِيَ الشَّكُورُ

Executaram, para ele, tudo quanto desejava: arcos, estátuas, grandes vasilhas como reservatórios, e resistentes caldeiras de cobre. (E dissemos): Trabalhai, ó familiares de Davi, com agradecimento! Quão pouco são os agradecidos, entre os Meus servos! (34:13)

Ibn Kathir relatou em seu comentário sobre este versículo:

وَأَمَّا التَّمَاثِيلُ فَقَالَ عَطِيَّةُ الْعَوْفِيُّ وَالضَّحَّاكُ وَالسُّدِّيُّ التَّمَاثِيلُ الصُّوَرُ

Quanto às estátuas, Atiyyah Al Afiy, Ad-Dahhak e As-Saddi disseram que estátuas significa: gravuras e imagens.

Fonte: Tafsir Ibn Kathir 34:13

Os estudiosos dizem que essa permissão foi revogada pelo advento do Islam. No entanto, o versículo ainda é evidência de que as imagens não são em si um grande pecado ilegal, porque os profetas anteriores não podem cometer grandes pecados. De fato, o Profeta fez uma exceção à proibição de criar imagens em alguns casos específicos.

Abdullah ibn Utbah relatou: Ele visitou Abu Tal-ha Al Ansari quando estava doente e encontrou Sahl ibn Hunaif com ele. Ele disse: “Abu Tal-ha pediu que alguém removesse um lençol que estava embaixo dele”. Sahl disse: “Por que você o removeu?” Ele disse: “Existem imagens sobre ele e você sabe o que o Profeta, ﷺ, disse sobre isso”. Então Sahl disse:

أَوَلَمْ يَقُلْ إِلَّا مَا كَانَ رَقْمًا فِي ثَوْبٍ

O Profeta também não disse: Exceto pelos padrões nos tecidos?

Abdullah disse:

بَلَى وَلَكِنَّهُ أَطْيَبُ لِنَفْسِي

Claro, mas isso me deixa mais confortável.

Fonte: Sunan Al Tirmidhi – 1750

Nesta narração, o Profeta fez uma clara exceção de que as imagens costuradas no tecido são lícitas se não estiverem sendo glorificadas, embora alguns dos companheiros se sentissem mais à vontade se não aceitassem essa concessão. Essa permissão também foi estendida a imagens de coisas com alma, desde que os itens não sejam glorificados.

O Profeta permitiu que as crianças brincassem com bonecas que eram imagens de seres vivos.

Aisha relatou:

كُنْتُ أَلْعَبُ بِالْبَنَاتِ عِنْدَ النَّبِيِّ صَلَّى اللَّهُ عَلَيْهِ وَسَلَّمَ وَكَانَ لِي صَوَاحِبُ يَلْعَبْنَ مَعِي فَكَانَ رَسُولُ اللَّهِ صَلَّى اللَّهُ عَلَيْهِ وَسَلَّمَ إِذَا دَخَلَ يَتَقَمَّعْنَ مِنْهُ فَيُسَرِّبُهُنَّ إِلَيَّ فَيَلْعَبْنَ مَعِي

Eu costumava brincar com bonecas na presença do Profeta, e minhas amigas brincavam comigo. Quando o Mensageiro de Allah entrava, elas se escondiam, mas ele as chamava para se juntar a mim e brincar comigo.

Fonte: Sahih Bukhari – 5779

Recomendado para você:  O problema da apostasia no Islã

Aisha continuou a guardar esses bonecos, alguns dos quais eram à imagem de um cavalo, mesmo depois de se tornar adulta.

Aisha relatou: Quando o Mensageiro de Allah, ﷺ, chegou em casa após a expedição a Tabuk, o vento levantou o fim de uma cortina que estava pendurada na frente de seu quarto e revelou minhas bonecas. O Profeta perguntou: “ Ó Aisha, o que é isso?” Eu disse: “Minhas bonecas.” Entre elas havia um cavalo com asas feitas de trapos, então ele perguntou: “O que é isso que eu vejo?” Eu disse: “Um cavalo”. Ele perguntou: “O que é isso que tem nele?” Eu disse: “Duas asas”. Ele perguntou: “Um cavalo com duas asas?” Eu disse:

أَمَا سَمِعْتَ أَنَّ لِسُلَيْمَانَ خَيْلًا لَهَا أَجْنِحَةٌ

Você não ouviu que Salomão tinha cavalos com duas asas?

E ela relatou:

فَضَحِكَ حَتَّى رَأَيْتُ نَوَاجِذَهُ

Então o Mensageiro de Allah riu tão profundamente que eu pude ver seus dentes de trás.

Fonte: Sunan Abu Dawud – 4932

Esta narração é uma aprovação tácita autêntica e clara do Profeta sobre a permissibilidade de ter imagens de seres vivos como brinquedos para crianças.

Em outra narração, Aisha tinha uma cortina com imagens de pássaros. O Profeta a princípio orou em direção à cortina, mas depois ele removeu as imagens porque isso o distraía durante a oração. O Profeta não ordenou que ela rasgasse e, em vez disso, ela transformou-a em travesseiros sobre os quais ele se sentaria.

Aisha relatou: Tínhamos uma cortina com imagens de pássaros. Sempre que um visitante entrava, ele os encontrava na sua frente. O Mensageiro de Allah, ﷺ, disse:

حَوِّلِي هَذَا فَإِنِّي كُلَّمَا دَخَلْتُ فَرَأَيْتُهُ ذَكَرْتُ الدُّنْيَا

Mude-os, pois em verdade, toda vez que entro, isso traz à minha mente a vida mundana.

Abd Al A’la acrescentou:

فَلَمْ يَأْمُرْنَا رَسُولُ اللَّهِ صَلَّى اللَّهُ عَلَيْهِ وَسَلَّمَ بِقَطْعِهِ

O Mensageiro de Allah não nos mandou rasgá-lo.

Fonte: Sahih Muslim – 2107

Aisha relatou: Nós tínhamos uma cortina com imagens colocadas em um nicho e o Profeta, ﷺ, oraria em frente ele. Então o Profeta disse:

أَخِّرِيهِ عَنِّي

Tire isso de mim.

Aisha disse:

فَأَخَّرْتُهُ فَجَعَلْتُهُ وَسَائِدَ

Então eu removi e fiz dois travesseiros.

Fonte: Sahih Muslim – 2107

Essas narrações mostram que o Profeta a princípio orou em direção a uma cortina com a imagem de um pássaro, mas depois a retirou para não se distrair durante a oração. Se a imagem fosse inerentemente ilegal, ele não teria orado por ela em primeiro lugar. O Profeta também não ordenou que a imagem fosse rasgada e ele permitiu que Aisha fizesse travesseiros.

Recomendado para você:  Como um convertido poderia seguir uma escola de jurisprudencia (madhab) corretamente?

Além disso, Gabriel certa vez veio ao Profeta com uma imagem de Aisha em um pano para mostrar uma imagem de sua futura esposa.

Aisha relatou:

أَنَّ جِبْرِيلَ جَاءَ بِصُورَتِهَا فِي خِرْقَةِ حَرِيرٍ خَضْرَاءَ إِلَى النَّبِيِّ صَلَّى اللَّهُ عَلَيْهِ وَسَلَّمَ فَقَالَ إِنَّ هَذِهِ زَوْجَتُكَ فِي الدُّنْيَا وَالْآخِرَةِ

Gabriel veio ao Profeta com sua imagem em um pano verde e sedoso e disse: Em verdade, esta é sua esposa neste mundo e no outro.

Fonte: Sunan Al Tirmidhi – 3880

Essa narração demonstra que é permitido usar uma imagem para fins de seleção no casamento, pois é lícito ao homem olhar para o rosto de uma mulher com quem está pensando em se casar.

Com base em tudo isso e em evidências semelhantes, os estudiosos modernos têm permitido imagens, fotos, fotografias e desenhos animados se forem usados ​​para um bom propósito.

O Sheikh Saud al Funaysan, ex-decano de lei islâmica da Universidade Islâmica Al Imam, emitiu um veredito sobre esse assunto da seguinte forma:

No mundo de hoje, imagens – especialmente imagens bidimensionais – são indispensáveis ​​para as pessoas realizarem as atividades necessárias da vida. A decisão de que tais imagens são permitidas está em harmonia com as facilidades gerais da Lei Islâmica. Allah disse:

يُرِيدُ اللَّهُ بِكُمُ الْيُسْرَ وَلَا يُرِيدُ بِكُمُ الْعُسْرَ

Allah quer facilitar as coisas para você, Ele não quer que as coisas sejam difíceis para você. (02:185)

Por tudo isso, sustento que as imagens usadas para fazer filmes de desenhos animados estão entre as imagens permitidas para produzir – e Allah sabe melhor. Consequentemente, a venda, compra e exibição de desenhos animados também é permitida desde que todas essas atividades sejam realizadas de acordo com os ditames da Lei Islâmica. Os desenhos devem ter conteúdo apropriado e ser usados ​​de maneira adequada. Eles devem estar livres de falsidade e imoralidade. De fato, a produção, distribuição e exibição de desenhos animados islâmicos de acordo com os ensinamentos islâmicos são maneiras pelas quais um muçulmano pode buscar a recompensa de Allah.

Fonte: Islam Today

Portanto, não vemos nenhum dano em imagens, gravuras e fotografias se servir a um propósito útil, como educação, identificação e entretenimento para crianças. No entanto, se não for necessário o uso de imagens, pode ser melhor que os muçulmanos sejam cautelosos e evitá-las, como foi feito por alguns dos companheiros.

O sucesso vem de Allah, e Allah sabe melhor.

Fonte: https://abuaminaelias.com/are-images-pictures-photos-and-cartoons-forbidden-in-islam/?fbclid=IwAR3-qGJ0ke6oc1S_mvSNLD5sODNFJ-FOuGUzSbC4rRb1uF9ft9VgRtmUFr0

Sobre A Redação

A Equipe de Redação do Iqara Islam é multidisciplinar e composta por profissionais da área de Marketing, Ilustração/Design, História, Administração, Gestão de Recursos Humanos, Tradutores Especializados (Árabe e Inglês) e especialistas na Religião Islâmica. Atualmente a equipe é composta por 10 profissionais.