Página Inicial » Perguntas e Respostas » Descubra como são realizados os rituais fúnebres islâmicos

Descubra como são realizados os rituais fúnebres islâmicos

Pergunta: Como se realizam os rituais fúnebres islâmicos?

Resposta: A Oração Fúnebre, ou em árabe Saltul Janaza, é o ritual realizado sobre o muçulmano que experimentou a realidade da morte. Disse Allah o Altíssimo: ”E a hora da morte trará a verdade: Eis do que tentáveis escapar!” (50:19) Sua realização é fato unanime entre os juristas muçulmanos, e uma obrigação comunal, tal como transmitido pelo Profeta ﷺ, no intento de que sua realização fosse cumprida entre os crentes. Em um hadith narrado por Abu Huraira, estão expresso seus benefícios para quem a realiza: “Disse o Mensageiro de Allah ﷺ: “Quem acompanha o funeral (o cadáver) até realizar a oração fúnebre terá recompensa igual a um Qirat, e quem acompanha a procissão fúnebre até que ela coloque o corpo no túmulo,  será duplamente recompensado por dois Qirat.” Seus companheiros então perguntaram: ”O que significa dois Qirat?” E ele ﷺ respondeu: “ Duas enormes montanhas de recompensas ”. (Sahih, de acordo com Bukhari e Muslim).

Após o banho completo no cadáver e seu envolvimento em sua mortalha, a congregação se reúne atrás do imam em frente ao morto. Primeiramente, o imam se direciona a Meca e realiza o primeiro takbir, elevando as mãos a altura da orelha dizendo: “Allahu Akbar” ou “Deus é Maior”. Após o primeiro takbir, recita surata al Fatiha, a primeira surah do Alcorão. Há algumas contrariedades quanto a súplica prévia a Fatiha (Subhanaka Allahummah…), e esta é a visão da escola shafi’i entre outras opiniões, e também a opinião do Imam Ahmad de acordo com Abu Dawud. Após a Fatiha, eleva as mãos novamente a altura das orelhas e pronuncia o segundo takbir, no qual envia bençãos ao Profeta da mesma maneira realiza do tashahud com Salawat Ibrabrahimiyah. Após o fim do Salawat, se eleva as mâos novamente para o terceiro takbir, no qual se súplica pelo morto com súplicas que podem ser encontradas nas recordações da sunnah, tal como feitas pelo Profeta Muhammad ﷺ . Tendo finalizado as súplicas, então é realizado o último takbir, da mesma maneira que os anteriores, e então o imam pode pausar por um momento antes de dar a taslimah (Assalam Waleikom) final, ou pode fazer a seguinte súplica narrada por Imam Nawawi no Riyad as-Salihin: “اللَّهُمَّ لاَ تَحْرِمْنَا أَجْرَهُ، وَلاَ تَفْتِنَّا بَعْدَهُ” Allahuma la Tahrimna Ajrahu wa la Taftina Badahu” “Ó Allah, Não nos prive das recompensas e não nos desvie após a morte deste.” É permitido também dar uma segunda taslimah após a primeira.

Recomendado para você:  Resposta de uma muçulmana a pergunta: ''Por que você está dirigindo?'' ''A shariah não te proíbe?''

A Oração Fúnebre entra na categoria de Fard Kifayah ou “Obrigação Comunal”, e isso significa que se alguns membros da comunidade muçulmana a realizarem, outros estão isentos de sua obrigatoriedade. É permitido que ao realizar a oração, o imam se posicione na direção da cabeça do morto se for homem e no centro do corpo em caso de mulheres, como foi realizado pelo Profeta ﷺ, de acordo com Abu Dawud.  É proceder profético que o imam lidere a oração a frente dos demais, porém, se houver superlotação, é permitido devido a falta de espaço que pessoas se posicionem a esquerda e direita do imam. Também é sunnah que os demais que performam a oração atrás do imam que ergam suas mãos a cada takbir, como narrado por Dar al-Qutni.

No tema da oração fúnebre, há divergências quanto o que obrigatório e facultativo de seus rituais nas escolas de jurisprudência sunitas, e de acordo com elas: todas concordam que há quatro takbirs, no entanto de acordo com a hanbali pode haver um aumento no número de takbirs. As mãos podem ser elevadas em todos os takbirs pelo imam e congregação de acordo com as escolas shafi’i e hanbali, porém apenas na primeira de acordo com a hanafi e maliki. A leitura da surata al-Fatiha é considerada obrigatória de acordo com a shafi’i e hanbali, contudo não de acordo com a hanafi e maliki. Enviar bençãos sobre o Profeta após o segundo takbir é obrigatório de acordo com a hanbali e a shafi’i, e suplicar pelo morto após o terceiro takbir é obrigatório de acordo com a shafi’i, hanbali e maliki. Se faz o quarto takbir e a taslimah sem súplica de acordo com a hanafi e hanbali, e opcionalmente de acordo com a shafi’i e maliki. A taslimah é feita somente uma vez para o lado direito de acordo com as escolas hanbali e maliki, e para os lados direito e esquerdo de acordo com a hanafi e shafi’i.

Recomendado para você:  Muçulmanos podem celebrar festas não-religiosas? - Sheykh Abdullah Bin Bayyah

Após concluída a oração fúnebre, o morto deve ser conduzido para seu túmulo, aonde súplicas finais serão feitas e onde sua alma será lembrada do testemunho de fé islâmico, a Shahada, e demais convênios religiosos que lhe irão facilitar a resposta aos anjos. É da sunnah que os presentes ao redor do túmulo lancem terra sobre o cadáver três vezes em árabe algumas recordações corânicas. Proferindo na primeira vez; “da terra vos criamos”, na segunda “e para ela lhe retornaremos” e na terceira vez “e dela levantareis mais uma vez.”

E de acordo com um hadith narrado por Uthman Ibn Affan: ”Sempre que o Mensageiro de Allah ﷺ terminava o enterro dos mortos, ele ficava perto da sepultura e dizia: ”Busquem o perdão para o seu irmão e ore para que ele seja firme, porque ele agora está sendo questionado (pelos anjos com relação a fé).” Abu Dawud e al-Bayhaqi, classificação razoável (hassan).

E Allah, o Altíssimo, sabe mais.

– Conteúdo de responsabilidade e elaboração da Equipe de Teologia e Jurisprudência Islâmica Iqara Islam.

 

 

 

Sobre A Redação

A Equipe de Redação do Iqara Islam é multidisciplinar e composta por profissionais da área de Marketing, Ilustração/Design, História, Administração, Gestão de Recursos Humanos, Tradutores Especializados (Árabe e Inglês) e especialistas na Religião Islâmica. Atualmente a equipe é composta por 10 profissionais.