Página Inicial » Arquivos de Tag: Guerra

Arquivos de Tag: Guerra

Wahabismo: A História do Movimento Wahabi

Wahabismo: A História do Movimento Wahabi

Shaykh ibn Abdul Wahhab foi um daqueles raros estudiosos cujas idéias continuaram a influenciar os muçulmanos por mais de 200 anos. Representando o fluxo puritano no Islã, na tradição do Imam Ahmed ibn Hanbal (d. 855) e Shaykh Ibn Taimiyah (d. 1328), seus seguidores continuam a infundir uma certa tensão entre os muçulmanos, puxando-os na direção de uma fé espartana, ...

Leia Mais »

Quando o Ocidente queria o Islã para combater o extremismo cristão

Quando o Ocidente queria o Islã para combater o extremismo cristão

O debate cansativo que gira em torno de o Islã ser ou não uma religião mais violenta que as outras e ser ou não uma ameaça ao Ocidente infelizmente não cessou. O plano de fundo para este debate milenar foi ascendido mediante ao esforço de guerra liderado pelos EUA contra os militantes extremistas do Estado islâmico, bem como a contínua ...

Leia Mais »

Alp Arslan, o Leão do Império Seljúcida

Alp Arslan, o Leão do Império Seljúcida

Foi o segundo sultão do império seljúcida e grande neto de Seljuq, o homônimo fundador da dinastia. Seu verdadeiro nome era Muhammad bin Dawud Chaghri, e pelas suas proezas militares, valentia pessoal e habilidades em combate, que ele obteve o nome de Alp Arslan, que significa “heróico leão”, em turco. Alp Arslan sucedeu seu pai Çağrı Bey como governador de ...

Leia Mais »

O Primeiro Califa do Islam – Abu Bakr

O Primeiro Califa do Islam - Abu Bakr

Abu Bakr se tornou o califa em 8 de junho de 632 sucedendo o próprio Profeta Muhammad no comando dos muçulmanos, e morreu em 23 de agosto de 634. O período de seu califado durou dois anos, dois meses e apenas quinze dias. Julgado pelos padrões históricos habituais, este período foi muito curto para ter algum impacto na história. No ...

Leia Mais »

Razia Sultana – A Mulher Sultão

Razia Sultana - A Mulher Sultão

Na historia das civilizações islâmicas, muitas mulheres notáveis deram a sua contribuição no poder. Uma delas foi Razia, a filha mais velha do Sultão Iltutmish, que reinou em Delhi por 16 anos, até 1236. Educada e com um forte interesse na política, ela tornou-se regente de seu pai durante suas campanhas militares. No seu leito de morte, Iltutmish expressou seu ...

Leia Mais »

Islã Proibido – A Revolta dos Malês na Bahia

Islam Proibido - Opressão aos Malês

Rebelião liderada por negros muçulmanos marcou a reação á intransigencia religiosa das autoridades brasileiras. Desde os tempos coloniais até a Proclamação da República em 1889, o Brasil tinha uma, e apenas uma, religião oficial: o catolicismo. Reuniões religiosas, especialmente envolvendo negros, eram consideradas caso de policia. De acordo com o perfil das autoridades, a repressão era maior ou menor. Acreditava-se ...

Leia Mais »

Mitos sobre o Estado Islâmico

Mitos sobre o Estado Islâmico

Desde que o grupo conhecido como ISIS ou “Estado Islâmico” declarou o restabelecimento de um califado em 29 de Junho de 2014, o universo midiático relatou diversas ações realizadas pelo grupo, a mais recentemente, a execução de 21 cristãos coptas na cidade líbia de Sirte. Infelizmente, muitos jornalistas, acadêmicos e analistas têm disseminado em seus discursos que esses crimes são ...

Leia Mais »

Tentativa de roubo do corpo do Profeta Muhammad

Tentativa de roubo do corpo do Profeta Muhammad

Crendo que tendo o corpo do Profeta Muhammad como refém destruiriam o Islam, ao longo da historia lideres cristãos fizeram planos para roubar seu corpo. Uma das primeiras tentativas foi feita durante o governo do sultão Nur al-Din, que na época estava em guerra com os cruzados francos. Relatos contam que em 1164 o sultão teve um sonho no qual ...

Leia Mais »

Saladino em a batalha de Hattin

Saladino e a batalha de Hattin

A batalha de Hattin foi travada 4 de julho de 1187, durante as Cruzadas e as forças dos cruzados e seus comandantes consistiam em Guy de Lusignan, Raymond III de Trípoli, Gerard de Rideford Balian de Ibelin, Reinaldo de Chatillon liderando aproximadamente 20.000 homens, contra o exercito unificado comandado por Saladino, com aproximadamente de 20.000 a 30.000 homens.Durante década de 1170, Saladino ...

Leia Mais »

Para compreender o medo que árabes e muçulmanos inspiram ao ‘ocidente’

Muçulmano árabe

A  noção de que a maioria dos ataques terroristas são cometidos por árabes ou muçulmanos não apenas não tem qualquer fundamento histórico, como, além disso, é argumento sem qualquer comprovação empírica, associado ao moderno orientalismo,que aí está vivo e forte. Imagética e Império O orientalismo, por sua vez é pesadamente associado a ideias norte-americanas sobre a própria ‘excepcionalidade’. É uma área ...

Leia Mais »