Página Inicial » Conheça o Islam » Qual a definição de um mártir no Islam? – Sheykh Muhammad Akram Nadwi
SONY DSC

Qual a definição de um mártir no Islam? – Sheykh Muhammad Akram Nadwi

 

 

Introdução do Tradutor (Dante Ibrahim Matta): O conceito de martírio é muito importante e valorizado no Islam, tal como o é em muitas religiões como o cristianismo. Lamentavelmente existe no Ocidente um grande prejuízo contra o conceito islâmico de martírio supostamente violento e que abriria o caminho ao terrorismo. aprovando o suicídio e a imolação em nome de Deus, quando na realidade, o primeiro a imolar-se para levar a cabo um ato terrorista foi um anarquista russo do século XIX. Porém, é totalmente certo que os grupos terroristas tal como certas ideologias transformaram a definição do que é um mártir no Islam para seu próprio beneficio, e assim manipular seus seguidores. Aqui apresentaremos a definição da referencia histórica da escola jurídica hanafi, escola mais difundida no mundo islâmico, o Imam Kasani (século VI da era islâmica).

”E não creiais que aqueles que sucumbiram pela causa de Deus estejam mortos; ao contrário, vivem, agraciados, ao lado do seu Senhor. Estão jubilosos por tudo quanto Deus lhes concedeu da Sua graça, e se regozijam por aqueles que ainda não sucumbiram, porque estes não serão presas do temor, nem se atribularão. Regozijam-se com a mercê e com a graça de Deus, e Deus jamais frustra a recompensa dos fiéis.” (Alcorão 3:169:171)

 

O termo mártir (shahid, literalmente ”testemunho”) deve ser definido na jurisprudência islâmica (fiqh), porque há certas regras a respeito de um morto declarado mártir. Isto é diferente do julgamento no pós-vida, qual é a prerrogativa de Allah.

Condições:

  1. A morte deve ser causada intencionalmente (não pode ser um acidente)
  2. A morte deve ser causada por assassinado injusto
  3. Os meios ou a arma utilizado para causar a morte deve ser normalmente entendido como mortal. (por exemplo, normalmente ser golpeado por um pedaço de pau não entra nesta definição).
  4. O ato que leva a morte não deve ser seguido por um período de sobrevivência. (por exemplo, se alguém foi baleado e sobrevive por alguns dias, sua morte não será classificada como shahid)
Recomendado para você:  Allahu Akbar: O que realmente significa

Fonte: Imam Al Kasani, Bada´i al-Sana´i (referencia da escola hanafi), volume 2, p. 360-4
Narrado por Sheukh Muhammad Akram Nadwi em seu Al-Fiqh al Islami, volume 1, p. 252 

http://www.sunnismo.com/definicioacuten-de-un-maacutertir-en-el-islam—sheij-muhammad-akram-nadwi.html

Sobre Victor Peixoto

Victor Peixoto é um brasileiro convertido ao Islam, leitor frequente de livros sobre história islâmica e estudante de árabe clássico, que aprendeu no Egito durante sua morada naquele país.