Página Inicial » Sharia e Fatwas » A Obrigação de seguir a opinião Majoritária (Al-Sawad al-A’zam)

A Obrigação de seguir a opinião Majoritária (Al-Sawad al-A’zam)

Muitos ahâdîth falam da obrigação e da extrema importância de seguir a maioria, o grupo majoritário, e este ensinamento foi frisado pelos sábios de todos os tempos. Em árabe, o grupo majoritário se diz “al-Sawad al-A’zam”, e os Ahl al-Sunna (O Povo da Sunna) o representa, e al-Hâfiz Jalâl al-Dîn ‘Abd al-Rahmân al-Suyûtî (que Allah esteja satisfeito com ele) explicou o termo al-Sawad al-A’zam sendo “a assembleia que constitui a maioria e que reúne os que, a respeito dos fundamentos, convergem no que é correto.”

Propomos neste artigo alguns ahâdîth sobre a necessidade de seguir este grande grupo que, como já o dissemos acima, representa os Ahl al-Sunna. Estes se conformam com as 2 escolas de tawhîd (ash’ari e mâturîdi), às 4 escolas jurídicas (hanafi, mâliki, shâfi’i e hanbali) assim como às escolas de espiritualidade autêntica, segundo o consenso unânime dos sábios sunitas, porque todos têm a mesma crença, a mesma jurisprudência, a mesma espiritualidade e todos foram os componentes dos Ahl al-Sunna há 15 séculos.

Aqui temos alguns ahâdîth (nesse sentido):

“Verdadeiramente minha comunidade não se porá jamais de acordo sobre um extravio. Cada vez que presenciarem uma discordância, apeguem-se firmemente ao grupo maior.” [relatado por Ibn Mâja].

“Sigam o caminho do grupo majoritário entre os muçulmanos! Porque o que se aparta deste grupo será enviado ao inferno!” [relatado por Ibn Mâja].

“O diabo persegue as pessoas sem descanso como um lobo persegue os carneiros. O lobo se arrisca somente a atacar os carneiros que se apartaram do resto do rebanho e estão sós. Pois, seguidores meus e dedicados, preservem-se das armadilhas do extravio e fiquem com o grupo de muçulmanos maior e mais conhecido!” [relatado por Ahmad].

“Allah não permitirá jamais que minha comunidade se una sobre um extravio e crenças incorretas. A misericórdia de Allah, Seus favores e Sua proteção estão com o grupo majoritário de muçulmanos. E aquele que se desvia deste grupo grande será enviado ao inferno.” [relatado por al-Tirmidhî].

Recomendado para você:  Os 7 atos mais amados por Allah

“Aquele que se desvia do grupo de muçulmanos majoritário, ainda que seja um palmo, terá cortado ele mesmo seu laço com o Islã.” [relatado por Abû Dâwud e Ahmad].

“Aquele que se separa da maioria e despreza o governador encontrará Allah tendo perdido toda a honra.” [relatado por Ahmad].

“Allah não unirá jamais esta comunidade no desvio. A mão de Allah está com a maioria, pois devem seguir o grupo majoritário, porque aquele que se desvia deste é guiado para o infierno.” [relatado por al-Naisâbûrî em al-Mustadrak].

“Dois é melhor que um só, três é melhor que dois e quatro é melhor que três. Devem se apegar à maioria, porque Allah no une minha comunidade senão sobre a guia.” [Relatado por Ahmad].

“Reconhecer os favores de Allah é uma gratidão, rechaçá-los é uma incredulidade. A comunidade [unida] é uma misericórdia e apartar-se dela não leva senão a tribulação.” [relatado por Ahmad e al-Tabarânî].

Ajam sobre essas palavras de nosso Profeta (que a Paz e as Bênçãos de Allah estejam sobre ele) e apartam-se dos dissidentes tais como os qadaris, os mu’tazilis, os xiitas, os wahhâbis, os ikhwânis ou os coranistas, que não são senão um pequeno grupo limitado no seu tempo de existência, em sua influência e nos seus representantes.

O Imâm al-Warrâq al-Tahâwî (que Allah esteja satisfeito com ele) disse: “Seguimos a tradição (al-Sunna) [do Profeta] e nos unimos à comunidade (al-Jamâ’a). Evitamos toda forma de sectarismo, de divergências e de divisões.” [Ponto 73].

Al-Muwahhidûn.

Fonte: http://www.sunnismo.com/los-hadices-del-profeta-65018-sobre-la-obligacioacuten-de-seguir-el-grupo-mayoritario-de-musulmanes-as-sawad-ul-aacutezam.html

Sobre Iqara Islam

O Iqara Islam é uma página dedicada a apresentação do Islam Tradicional para muçulmanos e não-muçulmanos que buscam informação e conhecimento de qualidade sobre vários aspectos da religião islâmica, tais como: espiritualidade, jurisprudência, história e cultura. Sendo uma iniciativa independente, não visamos fins lucrativos. Somos totalmente contra a violência injustificada, terrorismo e ditaduras de qualquer natureza.