Página Inicial » Temas Diversos » Ibn Taimiyyah a Respeito do Tawassul e Shafa’a -Shaykh Muhammad Hisham Kabbani

Ibn Taimiyyah a Respeito do Tawassul e Shafa’a -Shaykh Muhammad Hisham Kabbani

Bismillah ir-Rahman ir-Rahim

Ibn Taymiyya disse em seu livro “al qaida al jaleela fit-tawwasali wal-waseela”, com comentários de Rabia bin Hadi ‘Umayr al Mudkhali, professor na Universidade Islâmica de Madina al Munawwara, página 6, parágrafo 9:

“Os Muçulmanos concordam que o Profeta (saas) é o maior da criação, o mais elevado em grau e superioridade, e o mais honrado e glorificado na presença de Allah subhanahu wa ta’ala e nenhuma criação é melhor para Allah do que o Profeta (saas) e nenhuma outra shafa’a (intercessão) é maior do que a sua shafa’a. [[‘aazamu al-khalqi jaahan `ind-Allahi laa jaahun li- makhluqin `inda-Allahi `azamu min jaahihi wa laa shafa`atun `azamu min shafa`atih]

Ele mencionou no mesmo livro, página 4, parágrafo 4:

“O Profeta (SAAS) é o intercessor de toda criação [Shafi’a al khala’iq] e aquele que possui o Maqaam al Mahmud, que era a aspiração dos que vieram antes dele e depois, e ele é o maior dos intercessores [shufa’a] e o mais elevado em glória e superioridade na Presença de Allah”.

Ibn Taymiyya diz no mesmo livro na página 3, parágrafo 2:

“Allah enviou seu Profeta (SAAS) para os Jinn e a Humanidade e todos devem seguir e acreditar nele, tanto INTERNAMENTE [BATIN] quanto EXTERNAMENTE [DHAHIR], e ainda acreditar que seguir o Profeta (SAAS) é único para Allah subhanahu wa ta’ala e o único caminho para a religião de Allah, e é adorar e obedecer Allah subhanahu wa ta’ala, e tudo isso é o caminho dos Amigos de Allah [Awliyah Allah], e tudo isto são os meios [wasila] que Allah subhanahu wa ta’ala ordenou para Seus servos seguirem quando Ele disse no Alcorão Sagrado [5:35] ‘yaa ayyuhalladhina aamanu ittaqullaha wabtaghaw ilayhi al waseela’ – ‘Ó crentes, temei a Allah e procurai os meios de se aproximar d’Ele’. E o meio de buscar Allah subhanahu wa ta’ala é pedir para Allah subhanahu wa ta’ala pela intercessão e por meio da fé em seu Profeta (SAAS), e ainda seguindo ele.”

Recomendado para você:  Por que o Islam é tão violento?

Ibn Taymiyya diz na página 12, parágrafo 18:

“Os Sahabas, Tabi’in e os quatro Imames Maliki, Shafi’i, Hanafi e Hanbal concordavam na opinião de que o Profeta (SAAS) intercederia pelos pecadores da sua Ummah”.

E Ibn Taymiyya continua na mesma página 12, parágrafo 20:

“E os Sahabas, os Tabi’in e os quatro Imames do Islam, todos eles confirmaram o hadith autêntico do Profeta (SAAS) que de que Allah irá tirar as pessoas do Inferno

depois tê-las punido pela quantidade de tempo que Ele quiser, com a shafa’a do Profeta (SAAS). E ALLAH IRÁ TIRAR DO INFERNO OUTRAS PESSOAS PELA shafa’a DE OUTROS ALÉM DO PROFETA (SAAS)[!!!!]”

E na página 17, parágrafo 28:

[“wa lafdhu at-tawassul qad yuradu bihi thalaathata ummur”] A palavra intermediação [tawassul] refere-se a três significados diferentes. Entre os muçulmanos há acordo sobre dois deles.

E na página 29:

“O primeiro dos dois é a raiz de fé e Islam [ hua asal al-imaan wal-islam wa hua at-tawassul bil imaani bihi] e é a intercessão do Profeta (SAAS) por meio da crença e da obediência nele (SAAS). O segundo é por meio da súplica [du’a] e por meio da sua intercessão [shafa’a], … e aquele que nega isto é um kaafir e um apóstata [murtad]. Ele deve se arrepender, senão será morto. E nenhum erudito pode negar a intermediação [at-tawassul] da sua súplica e sua intercessão [shafa’a].”

E Ibn Taymiyya na página 17, parágrafo 30 diz:

“Sua oração e sua intercessão também são benéficas … e aquele que NEGAR TAWASSUL EM UM DESSES DOIS SIGNIFICADOS É UM KAAFIR E UM MURTAD, O QUE SIGNIFICA QUE DEVE SE ARREPENDER OU SER MORTO COMO UM MURTAD”.

E ele continua no parágrafo 32 da mesma página,

Recomendado para você:  Três coisas que aprendemos sobre ISIS após a morte de Moaz al Kasasbeh

“Aquele que negar a intermediação por meio da súplica [du’a] e sua intercessão [shafa’a] e aquele que negar que os muçulmanos irão tirar benefício disto é um descrente [kaafir]. E aquele que nega por ignorância precisa ser ensinado. E se ele persistir em sua negação e for relutante, será considerado um apóstata [murtad].”

O Imam Ahmad disse em seu Musnad, Volume 2, página 75:

“Abdullah bin ‘Umar disse que o Profeta (SAAS) disse, ‘Pediram que eu escolhesse entre a intercessão [as-shafa’a] ou que metade da minha Nação entrasse no Paraíso, mas eu escolhi a shafa’a porque é mais inclusiva e mais perfeita. Você pensa que ela é para os piedosos? Não! Ela é para os sujos e pecaminosos”.

E Ibn Majah disse, no Volume, página 1444:

“Ibn Jaabir disse que ouviu Salim bin ‘Aamir disse que ouviu ‘Auf bin Maalik dizer que o Profeta (SAAS) disse, ‘Você sabe o que Allah subhanahu wa ta’ala Pediu para eu escolher esta noite?’ Nós dissemos, ‘Allah e Seu Profeta (SAAS) sabem melhor’. Ele disse, ‘Ele Disse para eu escolher entre duas coisas: Ou enviar metade da minha Nação ao Paraíso ou me dar a shafa’a. E eu escolhi a shafa’a’. E dissemos, ‘Ó Profeta, peça a

Allah para nos fazer merecedores da shafa’a’. E o Profeta (SAAS) disse, ‘Ela é para todos os Muçulmanos’”. [Muslim disse que é autêntico].

‘Allaama Ibn Qayyim em seu livro al-Jami’ al-Farid, página 493, comenta sobre o seguinte hadith de Ibn ‘Abbas (r):

“Na época antes do Profeta (SAAS) os judeus de Khaybar estava combatendo a tribo Ghaftaan. Quando a batalha terminou, os judeus foram derrotados. Eles oraram para Allah pedindo, ‘por Muhammad (bi haqqi Muhammad), o Profeta que Enviarás nos últimos dias, Fazei-nos derrotar esta tribo”. Quando eles encontraram de novo a tribo Ghaftaan, conseguiram derrotá-la. “Allah mencionou este acontecimento no Alcorão quando Diz, “apesar de antes terem implorado a vitória sobre os incrédulos” (Baqara, 89), que significa que eles [os judeus] pediram pelo seu nome, Ó Muhammad, para derrotar os incrédulos.”

Recomendado para você:  Eu, um grande muçulmano?

E que a Paz e as Bênçãos estejam sobre o Profeta, sua Família e seu Companheiros

Fonte: http://sunnah.org/wp/2012/04/17/ibn-taymiyya-on-tawassul-and-shafaa/

Sobre Iqara Islam

O Iqara Islam é uma página dedicada a apresentação do Islam Tradicional para muçulmanos e não-muçulmanos que buscam informação e conhecimento de qualidade sobre vários aspectos da religião islâmica, tais como: espiritualidade, jurisprudência, história e cultura. Sendo uma iniciativa independente, não visamos fins lucrativos. Somos totalmente contra a violência injustificada, terrorismo e ditaduras de qualquer natureza.