Página Inicial » Perguntas e Respostas » Como um convertido poderia seguir uma escola de jurisprudencia (madhab) corretamente?

Como um convertido poderia seguir uma escola de jurisprudencia (madhab) corretamente?

Pergunta: Como seria melhor que um convertido ao Islã seguisse um madhhab corretamente? Quando me tornei muçulmano, tentava seguir a escola hanafi através de cursos online, mas descobri que estaria fazendo as coisas incorretamente indefinidamente sem perceber que certas coisas seriam importantes. Então abandonei o madhhab hanafi porque me parecia impossível e conheci um homem local com ijâza para ensinar fiqh mâliki. De todo modo, ele é meu único acesso à informação para seguir o madhhab mâliki que eu tive contacto, porque eu não posso verificar nada do que ele me diz e não o conheço muito bem realmente. O que recomenda para alguém numa situação deste tipo?

Resposta: As-salâmu ‘alaikum wa rahmatullahi wa barakâtuh, irmã,

Suplico para que esta lhe encontre no melhor de seu îmân e saúde. Primeiramente, gostaria de reconhecer que a vida de um convertido não é sempre fácil no começo, com toda a confusão de escutar opiniões variadas e tentar simplesmente conceber como estabelecer uma prática normal. Quando as frustrações chegam no ápice, deve-se dar um passo para trás e se olhar o todo.

Fé é a o mais importante

Al-hamdu lillah, Allah o Altíssimo lhe guiou, dentre bilhões de pessoas, para Ele Mesmo. Ele lhe mostrou com amor o Seu Dîn e lhe deu a bênção e honra da fé. Apesar dos desafios e esforços reais que encaramos nas nossas vidas, Ele nos deu a segurança de que são todos temporários e de que a Próxima Vida com Ele é eterna e uma de gozo infinito. Este é um sinal claro de que Ele se importa com você e não deixa você simplesmente escorregar e cair por pequenos detalhes de fiqh. Então não se sinta para baixo se não vier tudo de uma vez ou se as coisas de importância secundária não são claras. Sua prioridade deve ser preservar sua saúde mental e física, e então sua prática da Lei Sagrada.

Recomendado para você:  Eu, um grande muçulmano?

O Islã como um caminho de misericórdia, moderação e facilidade

Quando eu tinha acabado de me tornar muçulmano, também perdi muitas rezas de witr, simplesmente porque nunca soube que era necessário rezá-los, de acordo com a escola de pensamento hanafi. anos depois quando percebi que deveria, dois sábios confiáveis com os quais eu falei disseram que já que a causa de eu perdê-las era por ignorância inicial, eu poderia tomar a posição de outra escola que não as enxerga como obrigatórias e então não teria que repô-las. De todo modo, uma vez que agora eu saiba, seria obrigado a rezar o witr junto com as minhas outras cinco rezas diárias. Esse é um exemplo de como nossos sábios nos mostram a misericórdia e vastidão do Islã. Às vezes simplesmente precisamos oferecer nossa melhor intenção e esforço e, quando alcançarmos os limites de nossa habilidade e entendimento, confiarmos o resto a Allah, o Misericordiosíssimo.

Madhhabs existem para simplificar, não complicar

As Quatro Escolas de Pensamento são interpretações verdadeiras provadas e testadas que a Umma tem seguido por séculos. A pessoa comum deve seguir um madhhab pois as regras já foram estabelecidas e nos poupa de ter que derivar as regras, sem ter as qualificações próprias, dos textos-fonte para toda e cada questão. Assim sendo, exatamente como você fez inicialmente é o correto: pegar uma escola de pensamento dentro do Islã sunita e pedir as direções para seus sábios. Entender as regras de um madhhab não vem da noite para o dia; leva tempo para aprender, assim como para praticar, para poder dominá-las. Às vezes fazemos coisas incorretamente porque não entendemos , mas tudo bem. Nossos erros honestos ou agir acidentalmente com regras de outras escolas não são pecados, e desde que a validade dos atos obrigatórios não esteja em questão, uma vez que tivermos um esclarecimento, podemos resolvê-los a partir de agora e deixar o passado no passado. Considerando que há diferenças de opinião dentro do mundo do Direito Islâmico, se escutarmos outro ponto de vista, não deveríamos nos frustrar porque se houvesse só uma resposta direta para tudo, não haveria flexibilidade. Os sábios verdadeiros sabem quando essa flexibilidade pode ser aplicada.

Recomendado para você:  Por que o Islam é tão violento?

Seguir esse Dîn não é para ser difícil ou impossível; seguir um madhhab então não é para somente muçulmanos com certos conhecimentos prévios em exclusão de outros. Nesse sentido, o Profeta (paz e bênçãos estejam sobre ele) disse:

“Sem dúvida o Dîn é fácil, e ninguém se excede no Dîn sem que aquilo o sufoque. Então faça o correto, o melhor que possa [se não puder fazer algo completamente] e se regozije!…”

(al-Bukhari, al-Sahîh)

Regozije-se, porque como muçulmanos sabemos que no fim do dia ainda seremos recompensados, e digo mais, temos a Allah, o Mais Gentil dos Gentis. Ele olha para nossos corações e nossas intenções, e nossas obras nunca foram para ganhar o Paraíso. Regozijar-se em Allah e o com o que Ele o abençoou é também um meio de se esquivar da waswasa (sussurro) de Satanás, o qual se não consegue nos remover do Dîn integralmente, tenta nos pôr em preocupação excessiva e nos torna deprimidos, então deixamos o caminho da moderação e otimismo e nos tornamos nocivos para nós mesmos. Uma vez que se sentir que está sendo enganado para esse estado de dano, simplesmente se refreie de tentar demais e se preocupar demais em ser correto e faça o que for possível no momento. Busque respostas para suas situações específicas, tais como perguntas sobre menstruação, gradualmente. In shâ’Allah (se Deus quiser) você será recompensada por suas intenções e no fim, o Paraíso é prometido para todos os crentes. Como um shaikh querido nosso diz: “ninguém vai para o Inferno por uma tecnicidade”.

Como obter conhecimento confiável?

Se você econtrou um professor que tem autorização tradicional (ijâza) para ensinar, então não há necessidade de verificar minuciosamente seus ensinamentos se eles se enraízam numa escola de pensamento, como Allah Ta’ala nos diz para “perguntar para o povo da lembrança se você não souber” (Alcorão 16:43), e que a ijâza é o meio pelo qual esta Umma tem preservado o conhecimento do Dîn por séculos de geração em geração. De todo modo, trocar de madhhab pode às vezes causar mais confusão e al-hamdu lillah oportunidade para perguntar e aprender o madhhab hanafi online estão disponíveis mais do que nunca.

Recomendado para você:  Os 7 atos mais amados por Allah

Finalmente, qualquer um que disser que não há mais conhecimento hoje em dia, esses não tem conhecimento eles mesmos. Encontre uma boa companhia muçulmana se puder, continue aprendendo num passo confortável e com instituições confiáveis tal como o Seekers Guidance e depois de dar seu melhor passo adiante sem danificar sua saúde e paz interior, confie na misericórdia infinita de seu Senhor e se rogozije!

“Allah intenciona facilidade para você; não intenciona dificuldade para você.” [Alcorão 2:185]

Wassalâm
Abdullah Anik Misra

Verificado e aprovado por Faraz Rabbani

fonte: http://seekershub.org/ans-blog/2009/08/13/how-can-a-convert-follow-a-school-of-thought-correctly/

Sobre Iqara Islam

O Iqara Islam é uma página dedicada a apresentação do Islam Tradicional para muçulmanos e não-muçulmanos que buscam informação e conhecimento de qualidade sobre vários aspectos da religião islâmica, tais como: espiritualidade, jurisprudência, história e cultura. Sendo uma iniciativa independente, não visamos fins lucrativos. Somos totalmente contra a violência injustificada, terrorismo e ditaduras de qualquer natureza.