Página Inicial » Culinária » Babaghannuj

Babaghannuj

Ingredientes

  • 2 k de Berinjelas Grandes
  • 1 e 1/2 xícaras de chá de molho de Tahine (ver receita de Molho Tarator Bi T’hine)
  • 1/2 xícara de chá de salsinha picada

Modo de Fazer

  1. Coloque as berinjelas em uma assadeira grande, e na parte de cima de cada uma das berinjelas, faça um corte horizontal. É muito importante este corte, e deve ser feito em cada uma das berinjelas que estão na assadeira, porque durante o processo de assar das berinjelas, é através desse corte, que o ar quente de cada uma das berinjelas assadas irá sair.
  2. O esquecimento do corte horizontal, mencionado acima, poderá levar a acidentes. Como exemplo, podemos citar, que devido ao excessivo calor dentro do forno, a berinjela que está assando, poderá vir a romper a sua casca com violência, podendo provocar queimaduras. Beringela Cortada
  3. Asse as berinjelas em forno de temperatura média, até que elas fiquem bem murchas. Após serem assadas, é normal, que a parte da berinjela que fica encostada na assadeira, fique com a casca um pouco queimada e a parte de cima da berinjela, aonde está o corte horizontal, fique com a casca murcha e um pouco endurecida. Beringela Assada
  4. Depois de assadas, retire as berinjelas do forno e deixe-as esfriar.
  5. Quando as berinjelas estiverem frias, coloque-as sobre uma tábua de cozinha, e com a ajuda de uma colher, abra as berinjelas e retire a polpa de dentro das berinjelas.
  6. Coloque a polpa das berinjelas em uma vasilha, bata com um garfo e vá colocando aos poucos o molho Tahine, amassando bem, e misturando até ficar com uma consistência pastosa.
  7. Coloque o Babaghannuj em uma travessa, enfeite com a salsinha picada e regue com bastante azeite.

 Como Servir

Sirva como entrada, acompanhado de pão sírio.

Sobre Solange Silva

Solange Rachid Rassul Silva é muçulmana, ama muito cozinhar e é fundadora do blog Receitas do Líbano Vegetarianas - Sahtain! O seu maior objetivo na culinária é resgatar receitas tradicionais da culinária libanesa original dos imigrantes, receitas que ela aprendeu com a mãe e avó de origem daquele país. Bom apetite!