Página Inicial » Pratique o Islam » Crença Islâmica » Al-Haddâdiyya – O Credo do Imam Abdullah al-Haddâd

Al-Haddâdiyya – O Credo do Imam Abdullah al-Haddâd

O Imâm al-Habîb ‘Abdullah Ibn al-‘Alawî al-Haddâd al-Yamânî (que Allah tenha misericórdia dele) disse:

“O louvor não pertence senão a Allah Único. Que Allah abençoe Sayyidunâ Muhammad, sua familia, seus companheiros, e que conceda a paz a todos. Sabemos, assentimos, cremos e confessamos com certeza, e testemunhamos que não há divindade além de Allah, Único e sem sócio. É um Deus Poderoso, um Rei Imenso. Não há senhor salvo Ele, e não adoramos ninguém além d’Ele. É sem começo e Pré-Existente, Eterno e Perpétuo [Imortal]. Sua primazia não tem começo, e Sua posterioridade não tem fim. Ele é Único, Subsistente por Si mesmo, não gera e não é gerado, sem igual, sem sócio nem par.
“Nada se assemelha a Ele, e é o Oniouvinte, o Onividente.” (Sura 42:11).

E confessamos que Sua Santidade (exaltado seja) Lhe devolve isento do tempo e do espaço, acima de se assemelhar ao que seja na existência, de tal maneira que não pode ser compreendido em nenhuma das direções, assim como não pode ser propenso a acontecimentos contingentes [acidentes]. E Ele está “assentado” em cima de Seu trono da maneira que descreveu e segundo o sentido que quis [dar a esta expressão], um assentamento que convém ao poder de Sua Majestade, e à exaltação de Sua Glória e de Sua Magnificência. E está perto de tudo na existência, “mais perto dele do que a (sua) artéria jugular”. (Sura 50:16). Está Atento y Clarividente sobre toda cosa. “Vivente, Auto-subsistente, a Quem jamais alcança a inatividade ou o sono”. (Sura 2:255). “Ele é o Originador dos céus e da terra e, quando decreta algo, basta-Lhe dizer: Seja! e é.” (Sura 2:117), “Allah é o Criador de tudo e é de tudo o Guardião.” (Sura 39:62).

E que Ele (exaltado seja) é Poderoso sobre todas as coisas e Sábio de todas as coisas; “Nada escapa ao teu Senhor, nem do peso de um átomo ou algo menor ou maior do que este.” (Sura 10:61). “Ele bem conhece o que penetra na terra e tudo quanto dela sai; o que desce do céu e tudo quanto a ele ascende, e está convosco onde quer que estejais, e bem vê tudo quanto fazeis.” (Sura 57:4). “Ele conhece
o que é secreto e ainda o que é mais oculto.” (Sura 20:7). “Ele sabe o que há na terra e no mar; e não cai uma folha (da árvore) sem que Ele disso tenha ciência; não há um só grão, no seio da terra, ou nada verde, ou seco, que não esteja registrado no Livro esclarecedor.” (Sura 6:59).

Recomendado para você:  As provas do Alcorão e da Sunnah autêntica sobre o Tawassul (intercessão)

E que Sua (exaltado seja) Vontade dá existência às coisas e dirige os acontecimentos. E que nada pode existir, bom ou mau, beneficioso ou daninho, exceto pelo Seu Decreto e Sua Vontade. Tudo o que quer que seja é, e o que não quer que seja não é. Se toda a criação se unisse com a intenção de mover um só átomo no universo, sem Sua Vontade, não o lograria.

E que Ele (exaltado seja) é O Ouvinte, O Vidente, O Falante de uma Palavra incriada e que não se assemelha às palavras das criaturas. E que o Sagrado Alcorão é Sua Palavra pré-eterna, Seu Livro que revelou a Seu Mensageiro Muhammad (que Allah lhe conceda Paz e Bênção).

E que Ele (exaltado seja) é O Creador de todas as coisas e O Provedor, dispõe destas como quer; não tem nenhum rival nem adversário em Seu reino. Dá a quem quer e priva quem quer. “Ele não poderá ser questionado quanto ao que faz; eles sim, serão interpelados.” (Sura 21:23).

E que Ele (exaltado seja) é Sábio em Seus Atos, Justo em Seus Decretos e que nenhuma injustiça nem tirania poderia ser imaginável de Sua parte, e que ninguém tem sequer o menor direito sobre Ele. Se destruísse todas as Suas criaturas de uma só vez, não seria nem injusto nem tirano a elas, pois são Seu reino e Seus servos. Tem o direito de fazer o que quer de Seu reino, “o teu Senhor não é injusto para com os Seus servos.” (Sura 41:46). Recompensa Seus servos por Lhe obedecer, da parte de Sua Graça e Sua Generosidade, e lhes castiga quando se rebelam da parte de Sua Sabedoria e de Sua Justiça.

E que obedecer-Lhe é uma obrigação que incumbe a Seus súditos, como foi claramente dito nas palavras de Seus Mensageiros (a Paz esteja com eles). Cremos em todos os Livros revelados por Allah, e em todos os Seus Mensageiros, Seus Anjos e no destino, agradável ou desagradável.

Recomendado para você:  Crença Islâmica - Risâlat Ibn 'Asâkir (Fakhr al-Dîn Ibn 'Asâkir)

E testemunhamos que Muhammad é Seu servo e Mensageiro, que enviou aos gênios e à humanidade, aos árabes e às outras nações, “com a Orientação e a verdadeira religião, para fazê-la prevalecer sobre todas as outras, embora isso desgostasse os idólatras.” (Sura 9:33). E que transmitiu a Mensagem, fiel em sua confiança, aconselhando a nação, aguentando pela face de Allah como se Lhe deve, era confiado e digno de confiança, sustentado por provas autênticas e milagres extraordinários. E que Allah devolveu imperativo para Seus súditos crer nele, obedecê-lo, segui-lo, e que a fé de um homem não seria aceitável, mesmo se cresse n’Ele, até que cresse em Muhammad (que Allah o abençoe assim como a sua família e lhes conceda a paz), em tudo o que trouxe e sobre o qual nos informou, sobre os assuntos deste mundo como os do Outro. Isto inclui a fé nas perguntas dos mortos feitas por Munkar e Nakîr a propósito da religião, do Tauhîd e da Profecia, e dos prazeres nas tumbas dos que obedeceram, e do castigo nas dos rebeldes.

E que devemos crer na resurreição depois da morte, no agrupamento dos corpos e dos espíritos para comparecer ante Allah, exaltado seja, e no Juízo, e que Seus servos estarão neste momento em diferentes estados: alguns prestarão contas, outros serão isentos disto, e outros entrarão no Jardim sem juízo. Devemos crer nas Balanças nas quais as boas e as más ações serão pesadas; e no Sirât, que é uma ponte estendida acima do abismo do Inferno; e no Lago (al-Haud) de nosso Profeta Muhammad, (que Allah lhe abençoe assim como a sua família e lhes conceda a Paz) cuja água é a do Jardim, e da qual beberão os crentes antes de entrar no Jardim. E na intercessão dos Profetas, seguida pela dos Santos Verídicos (al-Siddîqûn), e a dos Sábios (al-‘Ulamâ), dos Virtuosos (al-Sâlihûn) e dos outros Crentes. E a grande intercessão é a prerrogativa de Muhammad (que Allah lhe abençoe assim como a sua família e lhes conceda a Paz). E que o Povo do Tauhîd (Ahl al-Tauhîd) que tiverem entrado no Fogo serão tirados de lá até que ninguém cujos corações contenham ainda que seja o peso de um átomo de fé fique eternamente lá. E que o Povo do Politeísmo e da Incredulidade (Ahl al-Shirk wa’l-Kufr) serão imortais no Fogo e “o castigo não lhes será atenuado, nem lhes será dado prazo algum.” (Sura 2:162). E que os Crentes (al-Mûminûn) ficarão no Jardim eternamente, sem fim, “onde não serão acometidos de fadiga e de onde nunca serão retirados.” (Sura 15:48). E que os Crentes verão seu Senhor com seus próprios olhos, de uma forma que convém a Sua Majestade e à santidade de Sua Perfeição.

Recomendado para você:  Al-Muhâsibiyya - Os Sustentáculos da Fé de acordo com o Imam al-Muhâsibî

E que os Companheiros do Mensageiro de Allah (que Allah lhe abençoe assim como a sua família e lhes conceda a Paz) são virtuosos, que seus status respectivos eram de diferentes graus, que todos eram justos, bons e honestos. Não é lícito insultar nem denegrir nenhum deles. E que o sucessor legítimo do Mensageiro de Allah (que Allah lhe abençoe assim como a sua família e lhes conceda a Paz) era Abû Bakr al-Siddîq, e depoois dele ‘Umar al-Farûq, ‘Uthmân al-Shahîd e ‘Alî al-Murtadâ, que Allah esteja satisfeito com eles e com os outros Companheiros, e com todos os que lhes seguem na excelência até o Dia do Juízo, assim como nós mesmos, por Sua Misericórdia, Ó o Mais Misericordioso dos Misericordiosos!”

Fim de citação.

Referência: Al-Nasâ’ih al-Dîniyya wa’l-Wasâyat al-Îmâniyya do Imâm ‘Abdullah Ibn al-‘Alawî al-Haddâd al-Yamânî (que Allah tenha misericórdia dele).

Fonte: http://fiqh-maliki.blogspot.com.br/2010/11/al-haddadiyyah-abdu-llah-al-haddad.html

Sobre Iqara Islam

O Iqara Islam é uma página dedicada a apresentação do Islam Tradicional para muçulmanos e não-muçulmanos que buscam informação e conhecimento de qualidade sobre vários aspectos da religião islâmica, tais como: espiritualidade, jurisprudência, história e cultura. Sendo uma iniciativa independente, não visamos fins lucrativos. Somos totalmente contra a violência injustificada, terrorismo e ditaduras de qualquer natureza.