Página Inicial » História Islâmica » Rússia » 20 fotos de muçulmanos na Rússia em 1910
Homem e mulher muçulmana no Daguestão
Um homem e uma mulher do Daguestão posando juntos. O homem pode ser visto carregando sua espada.

20 fotos de muçulmanos na Rússia em 1910

Estas fotos de muçulmanos da Ásia Central (na época parte do Império Russo) são verdadeiramente fascinante. Essas terras que um dia foram o centro de aprendizado islâmico foram os locais onde viveram os grandes sábios Imam Bukhari e Imam Tirmidhi.

Entre 1909 e 1912, o fotógrafo Sergei Prokudin-Gorskii realizou um levantamento fotográfico do Império Russo com o apoio do Czar Nicholas II. Ele usou uma câmara especializada para capturar três imagens em preto e branco em sucessão bastante rápida, usando filtros vermelhos, verdes e azuis, permitindo-lhes mais tarde serem recombinadas e projetada com lanternas filtradas para mostrar suas versões coloridas. Quando estas fotografias foram tiradas, nem a Revolução Russa, nem a Primeira Guerra Mundial haviam ainda começado.

Observar estas fotos é dar passo atrás no tempo e ver como era a vida dos muçulmanos há mais de um século atrás.

2 prisioneiros em correntes - 2

Dois prisioneiros algemados juntos na cadeia

Alunos na madrassa

Os alunos estudam com seu professor em uma madrassa (escola religiosa islâmica) em Samarcanda (atual Uzbequistão).

Casa de Kebab

Uma casa de kebab (churrasco de carne prensada no espeto) em Samarcanda (atual Uzbequistão).

Grupo de mulheres no Daguestão

Um grupo de mulheres com roupas tradicionais do Daguestão.

Homem e mulher muçulmana no Daguestão

Um homem e uma mulher do Daguestão posando juntos. O homem pode ser visto carregando sua espada.

Isfandiyar Jurji Bahadur

Isfandiyar Jurji Bahadur Khan do protetorado russo de Khorezm (Khiva, agora uma parte do Uzbequistão moderno) sentado ao ar livre com seu uniforme completo.

Madrassa tradicional

Os alunos se sentam com seu professor em uma madrassa (escola religiosa islâmica) em Samarcanda (atual Uzbequistão).

Menino sentado na mesquita em Samarkand

Um menino senta-se no pátio da mesquita Tillia-Kari em Samarcanda (atual Uzbequistão).

Mesquita em Samarkand

Fiéis são vistos fora de uma mesquita em Samarcanda (atual Uzbequistão).

Nomades em Golodnaia

Nômades quirguízes na estepe de Golodnaia (atual Uzbequistão e Cazaquistão).

Professor e suas filhas

Um professor de religião com suas duas filhas.

Russa usando Purdah

Uma mulher sart vestindo sua purdah (véu) em Samarcanda, Uzbequistão. Até a Revolução Russa de 1917, “sart” era o nome dado para os uzbeques que viviam no Cazaquistão.

Vendedor de frutas

Um vendedor de frutas sentado em sua tenda no mercado.

Vendedor de roupas


Um comerciante de tecidos em Samarcanda (atual Uzbequistão) senta-se em sua tenda.

Burocrata em Bukhara

Um burocrata em Bukhara posa para a câmera.

Carregador de água

Um carregador de água em Samarcanda (atual Uzbequistão).

Pastor

Pastor faz uma pausa perto de uma encosta, Samarcanda (atual Uzbequistão).

 Velho carregando pássaros

Um homem idoso transportando aves na neve.

Emir de Bukhara

O Emir de Bukhara, Alim Khan (1880-1944), posa solenemente para seu retrato, tirado em 1911, pouco depois de sua adesão. Como governante de uma cidade-estado autônoma em uma região islâmica da Ásia Central, o Emir presidia assuntos internos de seu emirado como monarca absoluto, embora desde meados de 1800 Bukhara tinha sido um estado vassalo do Império Russo. Com o estabelecimento do poder soviético em Bukhara, em 1920, o Emir fugiu para o Afeganistão, onde morreu em 1944.

2 homens sentados

Dois homens sentam-se em uma mesquita em Samarcanda (atual Uzbequistão)

Fonte: http://ilmfeed.com/20-fascinating-photos-of-muslims-in-1910-russia/

Sobre Iqara Islam

O Iqara Islam é uma página dedicada a apresentação do Islam Tradicional para muçulmanos e não-muçulmanos que buscam informação e conhecimento de qualidade sobre vários aspectos da religião islâmica, tais como: espiritualidade, jurisprudência, história e cultura. Sendo uma iniciativa independente, não visamos fins lucrativos. Somos totalmente contra a violência injustificada, terrorismo e ditaduras de qualquer natureza.